Curitiba constrói casas sustentáveis com a técnica do Wood Frame

1.217 views
Wood Frame
Foto: pixabay

Os municípios de Rio Bom e Prado Pereira, no norte do Paraná, já sabem o que é levar uma vida sustentável. Uma parceria firmada, em junho de 2013, entre uma construtora e o Governo do Estado proporcionou a construção de 43 casas populares utilizando a tecnologia verde do Wood Frame, beneficiando mais de 40 famílias com renda de até R$ 1,6 mil.

A técnica do Wood Frame (partes de madeira, em inglês) consiste em placas de lâmina de aço e madeira colocadas juntas para formar as paredes pré-moldadas. Estas placas fabricadas na indústria facilitam o processo de construção das casas populares.

Este modelo foi criado na Alemanha e trazido para o Brasil em 2010. Além disso, esta tecnologia substitui, por exemplo, o tijolo e o cimento que emitem cerca de 610 kg de dióxido de carbono para cada tonelada do material produzido, segundo pesquisadores da Escola Politécnica da USP.

Curitiba é a segunda cidade brasileira a construir casas com esta técnica, ficando atrás apenas do Rio Grande do Sul, que já construiu 208 residências populares. “O uso da madeira no caso do Wood Frame também colabora com a sustentabilidade porque toda madeira utilizada vem do reflorestamento”, explica Euclésio Finatti, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR). Isso significa que no lugar das madeiras utilizadas serão plantadas outras de rápido crescimento no lugar, para que não prejudique a natureza, provocando o desmatamento.

wood Frame
Foto: gazetadopovo

Vantagens da Wood Frame

Com a tecnologia do Wood Frame é possível reduzir a geração de resíduos sólidos em até 80% e promover a redução de consumo de energia, em 50%. Além disso, a construção das casas sustentáveis costuma ser rápida, já que são fáceis de montar. O engenheiro Tobias Ott construiu a sua casa, que possui 570 m², com este tipo de material, levando apenas quatro meses para terminar.

Wood Frame
Tobias Ott – Foto: Gazeta do Povo