Campanha “Eu Jogo Limpo com São Paulo” surge como solução à coleta seletiva

616 views
Ecoponto
Foto: encontracasaverde

Os 69 ecopontos instalados pela metrópole paulista em 2013 não conseguiram evitar que 98,4% dos resíduos sólidos derivados das 18,5 mil toneladas de lixo fossem parar em aterros sanitários. Por isso em fevereiro de 2014, a prefeitura paulista lançou o projeto “Eu jogo Limpo com São Paulo”, que visa implantar mais 22 ecopontos e duas novas centrais de reciclagem para gerir a demanda de resíduos. A campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre a necessidade da reciclagem, oferecendo estrutura ao paulistano para depositar o lixo no local correto.

A iniciativa atual é integrante das medidas do “Operação Chuvas de Verão”, que também visa reduzir os impactos ambientais na cidade, como alagamentos e transbordamento de córregos devido à combinação do grande volume de chuva com lixo jogado pelos córregos, rio e vias públicas.

Ainda neste ano o projeto prevê a inauguração de duas novas centrais de triagem na Ponte Pequena (região central) e em Santo Amaro (zona sul), as quais vão gerir a demanda de reciclagem da cidade com capacidade de 250 toneladas por dia e triplicá-la para 750 toneladas diárias.

Mais duas centrais entrarão em operação em 2015 e 2016, multiplicando por cinco a capacidade de gerenciamento de resíduos e ampliando a abrangência da coleta seletiva. Hoje, somente 35% das residências em 71 distritos da região metropolitana são atendidas pelo serviço, contra 20 bairros mais populosos sem este benefício. Já em março, será lançado o novo Plano Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos, que vai ser trabalhado nos próximos 20 anos.

A campanha com investimentos de cerca de R$ 15 milhões ao ano será custeada pelas empresas prestadoras de serviço que, por obrigação contratual, devem aplicar 0,5% do valor recebido em ações de educação ecológica.

Quer saber mais sobre a campanha e como ela vai funcionar? Assista ao vídeo: