O reaproveitamento de lixo orgânico na compostagem doméstica

5.020 Visualizações
Adubo Orgânico 2
Foto: super.abril

Além de separar o lixo reciclável para a coleta seletiva, reaproveitar materiais e evitar o desperdício, ainda é possível minimizar o lixo orgânico descartado na natureza. Você tem uma horta ou jardim em casa? Que tal fabricar seu próprio adubo? Ou se não tem, pode doar ou vender o material. O adubo feito com lixo orgânico, conhecido como compostagem doméstica, fornece muitos nutrientes para o solo e ajuda a reduzir impactos ambientais.

O reaproveitamento do lixo orgânico, que vai gerar a compostagem é muito simples. Você pode usar resto de leite, filtro de café, cascas de frutas, sobras de verduras e legumes, iogurtes e queijos. Não use restos de comida temperada, frutas cítricas, estercos de animais, cinzas de cigarro, gorduras animais e restos de carne.

Como fazer compostagem doméstica?

Para fazer o adubo de lixo orgânico, primeiramente reserve um recipiente para colocar o lixo – reaproveite recipientes de alimentos, como baldes de sucos ou potes de sorvete. Fure o fundo com o auxílio de um prego. Os furos devem ter tamanhos diferentes para eliminar o líquido, conhecido como chorume, que sairá do lixo. Ele também poderá ser aproveitado para jogar nas plantas, como um fertilizante. Para recolher o líquido, deixe uma bacia embaixo do recipiente de compostagem. Você pode usar calços para facilitar o escoamento do líquido.

Compostagem - adubo
Foto: naturlink

Não basta somente jogar o lixo no pote, o material deve ser despejado em camadas com os diferentes tipos de resíduos. O que vai transformar o lixo em compostagem é a ação dos micro-organismos, que para se desenvolverem e decomporem o material precisam de nitrogênio e carbono. Por exemplo, deve-se colocar uma camada de nitrogênio (material líquido) e três camadas de carbono (papelão, folhas secas, palha de milho). Comece e termine sempre pelo material seco para evitar o mau cheiro. E não se esqueça de nunca tampar o recipiente.

Após montar o lixo na composteira, deixe o material descansar e se decompor. O processo dura em média 15 dias em temperatura ambiente. Não mexa e não remova o chorume nesse período. Depois mexa o material com um garfo longo ou espátula de metal. A cada 15 dias você poderá acrescentar mais lixo orgânico à mistura. Cerca de 2 ou 3 meses, dependendo do tanto de lixo decomposto, o adubo estará pronto. Uma dica para saber se já está pronto é observar se a cor é escura e o cheiro é de terra. Outra dica é esfrega-lo nas mãos, se não ficarem sujas, está pronto.