Passo a passo de como fazer um terrário

25.817 Visualizações
Terrário
Foto: anajuliar

Terrários são recipientes de vidro, abertos ou fechados, onde é possível reproduzir as condições necessárias para o cultivo de plantas, simulando seu ambiente natural. É uma ótima opção para quem gosta de plantas, mas não tem espaço suficiente em casa para manter um jardim. Além disso, é uma ótima maneira para reutilizar algum recipiente de vidro que há em casa e que esteja em desuso.

Os terrários fechados normalmente são mais utilizados em escolas, no ensino sobre o funcionamento do ciclo da água no ecossistema, isso porque a água colocada dentro dele para regar as plantas evapora com o aumento da temperatura, fazendo bolhas nas superfícies superiores do recipiente que está com temperatura mais baixa, e então este vapor é condensado e as gotas de água caem, assim como a água da chuva.

Já os terrários abertos são utilizados como item de decoração porque mostra a beleza das plantas que crescem nele e também mostra cada camada da terra onde elas crescem, como areia e cascalho. A sua manutenção é mais fácil, pois permite a evaporação da água com a qual as plantas são regadas. Confira abaixo o passo a passo de como fazer um terrário, seja aberto ou fechado:

Materiais

Materiais para fazer um terrário
Foto: provectumimoveis

• Recipiente de vidro (pode ser aberto, ou fechado com uma tampa);

• Carvão mineral;

• Cascalho;

• Pedras decorativas para aquário ou pedras naturais;

• Areia;

• Terra preparada para plantas;

• Ferramentas de jardinagem;

• Pequenas mudas de plantas (procure selecionar plantas variadas que necessitem da mesma iluminação e quantidade de água);

• Elementos decorativos.

A maior parte destes materiais pode ser encontrada em casas de paisagismo e jardinagem.

Caso suas plantas estejam em algum recipiente com terra é necessário primeiramente removê-las. Para isso você pode molhar a planta no recipiente e delicadamente girá-lo. Dessa forma as laterais empurram a terra para baixo e esta irá soltar do recipiente, então basta removê-la e as raízes das plantas não serão danificadas. Remova o excesso de terra das raízes e separe as plantas que serão utilizadas com cuidado.

Passo a Passo

1º – Limpe o recipiente com álcool. Coloque uma camada de pedras decorativas no fundo do recipiente de vidro. Esta camada deverá ter entre 3 a 5 cm de espessura. Neste caso foi utilizado pedras decorativas para aquário, mas você também pode utilizar pedras mais naturais.

2º – Coloque uma camada uniforme de areia grossa. A areia, além de decorativa, serve para criar um lugar para drenar a água em excesso.

3º – Espalhe a areia até as laterais do vidro para que fique aparente do lado de fora, como item decorativo.

Terrário
Foto: superziper

4º – Acima da camada de areia faça uma camada de cascalho mais fina do que a de pedras.

5º – Misture o carvão mineral triturado com um pouco do cascalho e espalhe uma fina camada.

6º – Adicione, acima da camada anterior, uma camada de terra preparada para plantas. A espessura dessa camada deverá ser profunda o suficiente para poder colocar plantas com espaço para suas raízes crescerem. A profundidade da camada varia de acordo com o tamanho do recipiente de vidro.

7º – Coloque as plantas no terrário e, utilizando os dedos e as ferramentas, cave um poço pequeno para colocar cada planta. Se a abertura do seu vidro for muito estreita o ideal é plantar primeiramente as plantas menores e depois as maiores. É importante utilizar plantas com tamanho proporcional ao tamanho do terrário para haver um ponto de equilíbrio ecológico.

8º – Agora basta adicionar os elementos decorativos escolhidos. Como sugestão é possível colocar pedras, bolas de gude, conchas, entre outros. Use sua imaginação!

9º – Regue e borrife o terrário com água filtrada.

Manutenção do terrário

O vidro do recipiente mantém a umidade sempre constante, o que facilita a manutenção, então não é necessário regar muito, em média uma vez ao mês é o suficiente. No caso do terrário fechado ao regá-lo, o ciclo da água inicia-se. Se o recipiente estiver muito encharcado de água o vidro pode ficar muito embaçado. Devemos então abri-lo por algumas horas para a água evaporar e em seguida fechá-lo novamente. Se a transpiração não ocorrer (sem gotas de água no vidro) é necessário regar com mais um pouco de água, sem exagerar na quantidade.

Terrário
Foto: anajuliar

Se alguma das plantas começar a murchar, é sinal de que esta não se adaptou ao microecossistema e deve ser devolvida ao seu meio natural, ou ser plantada separadamente em um vaso.

A vida útil do terrário chega em torno de um ano ou mais. No caso de terrários fechados, para que sua vida útil seja longa ele deve ser aberto a cada uma ou duas semanas por um período 2 horas em média, renovando assim o ar que as plantas respiram.

Como o espaço de crescimento das plantas dentro de um terrário é reduzido será necessário, de vez em quando podá-las com cuidado.