Passo a passo: Confira algumas dicas de artesanato com palha de bananeira

5.668 Visualizações
Artesanato com palha de bananeira
Foto: objeteria

Ao longo da história o artesanato foi ganhando espaço em diversas comunidades, por conta da necessidade do uso de utensílios e recipientes nas casas de algumas famílias, configurando-se como uma atividade tradicional. A partir daí foi se transformando em uma oportunidade de geração de renda. Essa prática valoriza a sustentabilidade já que utiliza recursos naturais, como é o caso do artesanato com fibra de bananeira.

A matéria prima utilizada nesse artesanato é dispensada naturalmente pela planta, o que confere a sustentabilidade dos produtos. A palha da bananeira é produzida a partir das bainhas foliares extraídas do pseudocaule da bananeira, que equivale ao seu tronco. O corte faz parte do cultivo da banana, após a colheita dos cachos costuma-se retirar a bananeira mãe para que haja mais espaço para o crescimento das outras.

Do pseudocaule da bananeira é possível extrair vários tipos de palhas, cada uma com uma característica diferente. As palhas mais finas chamadas de filé e contrafilé são utilizadas para dar acabamento, costurar, adornar, já as mais grossas ou a palha inteira são aproveitadas para trabalhos mais rústicos. Das três camadas que é constituída a palha inteira retira-se a palha interna, menos resistente, a redinha que é toda vazada e a palha raspada, extremamente resistente.

O próximo passo na preparação da palha de bananeira é a secagem das fibras. Após serem separadas, as fibras são penduradas ou esticadas ao sol para secar. Para isso são necessários um lugar a céu aberto e outro protegido da umidade, já que elas não podem ter contato com chuva e orvalho.

Artesanato com palha de bananeira
Foto: turismo.rs.gov

O artesanato com a palha da bananeira possibilita a confecção de uma grande variedade de produtos tais como cestas, bolsas, sandálias, tapetes, colares, pulseiras, bolsas, cintos, almofadas, jogo americano, porta guardanapo, porta moedas e notas, entre outros. São produtos de qualidade, durabilidade e resistência. As possibilidades são variadas, a fibra é muito resistente e dura por vários anos.

E não para por aí, as palhas podem ser combinadas também com outros materiais como bambus, cipós e sementes que ajudam a construir peças de grande porte como biombos e divisões internas de uma casa. Com isso, além de produzir belas peças de qualidade, o meio ambiente também é preservado uma vez que as fibras não são mais descartadas e acumuladas nos bananais.