Faça você mesmo: um passo a passo de como fazer tinta ecológica

3.533 Visualizações
Tinta ecológica
Foto: gsb

Uma forma de buscar por opções mais sustentáveis é sempre dar prioridade a substâncias naturais, extraídas da própria natureza e livre de compostos químicos. Isso serve também na hora de pintar ou reformar a casa. A cal, por exemplo, é um dos mais antigos e baratos compostos utilizados para pintura. Constituída basicamente de hidróxido de cálcio, ela não contém insumos tóxicos e permite a “respiração” da parede. Misturada à água, a cal obtém um branco perfeito e é indicada para locais fechados e que têm incidência de mofo.

Outra opção é recorrer à tinta ecológica feita de terra. A composição é básica, fácil de ser preparada e nós vamos te ensinar a fazer. Anote o passo a passo:

  • 6 a 8 kg de terra argilosa;
  • 10 litros de água;
  • 1 kg de cola branca.
Tinta ecológica
Foto: syeneonline

Pigmentos como urucum ou açafrão podem ser adicionados até se chegar à tonalidade desejada. Misture todos os ingredientes e passe a tinta em uma peneira fina. Quanto mais vezes você peneirar, mais fina ela fica. Este é um tipo de composto que, devido à cola, adere bem e custa cerca de 70% menos que a tinta industrializada. Uma lata de tinta ecológica cobre de 70 a 90 m².

Apesar de as grandes indústrias terem passado a produzir tintas à base d’água, com menos poluentes devido ao baixo número de compostos orgânicos voláteis (VOCs, na sigla em inglês – Volatile Organic Compounds), buscar por substâncias naturais ainda é a melhor opção.