ONG sugere produtos naturais para resolver problemas domésticos

506 Visualizações
Reprodução / Vimeo – WWF: Just* Case Study Iniciativa mostra que alimentos do dia a dia podem substituir produtos químicos.

O mundo seria mais sustentável se utilizássemos produtos naturais ao invés de soluções industrializadas. Pelo menos é que defende a WWF da Austrália em uma série de outdoors localizados em Sydney. As mensagens apontam substituições para produtos comuns no dia a dia, como casca de laranja no lugar de repelente de inseto ou canela para bochechos matinais. Também foram veiculadas ações para que as pessoas passassem a utilizar aveia para cuidar da pele, limão para manter os vidros limpos e casca de banana para dar brilho em sapatos.

O diferencial é que as pessoas podiam pegar tais produtos naturais nestes outdoors localizados em praias, parques e, até mesmo, em shoppings da cidade. A campanha também foi amplamente divulgada nas redes sociais da WWF da Austrália, porque as pessoas passaram a incentivar os amigos através da hastag #JustNatural em seus perfis, criando um movimento natural e espontâneo na comunidade.

Site sustentável

A WWF Austrália, em parceria com a agência de publicidade Leo Brunett, já havia apresentado esta posição ecologicamente correta em uma ação on-line, mais precisamente em um site que apresentava legumes e frutas como “soluções engenhosas” para problemas rotineiros. Além do site, também foram distribuídos produtos orgânicos para que as pessoas pudessem retirar.

O objetivo era reduzir a necessidade do público de comprar novos produtos (o que gera mais lixo), como utilizar mel para amenizar queimaduras ao invés de ir até a farmácia e comprar um remédio. A campanha foi batizada de “Just” (palavra significa “apenas” em português). O sucesso da ação foi imediato e até hoje é comentada pela população.