Garoto norte-americano doa 400 bicicletas para crianças carentes irem à escola na Índia

475 views

Atualmente a Índia abriga 1,2 bilhão de pessoas, porém, as condições do país não estão suportando a expansão populacional. Existem 217 milhões de habitantes desnutridos e a expectativa de vida é baixa, até 65 anos, ou seja, a nação precisa de ajuda. Comovido com a chocante situação local, um garoto norte-americano, Thomas Hircock, decidiu ajudar os nativos com a doação de bicicletas para que as crianças possam frequentar a escola e, através da educação, consigam um futuro melhor.

Aos 12 anos, no primeiro contato com a pátria asiática, o jovem notou enorme discrepância entre o cenário apresentado pelo território hindu e as ruas de Filadélfia, sua terra natal. Mas como socorrer um lugar tão necessitado? Thomas perguntou o que poderia ser feito para auxiliar a população. “Bicicletas? Por que bicicletas?” A garotada respondeu que só através das bikes chegaria ao colégio.

Thomas Hircock
Foto: farofafina

De volta aos EUA, Hircock fundou a ONG Bike Club, arrecadando donativos de colegas do ginásio, os quais renderam oito bicicletas para os meninos da Índia. Nos pobres estados do Rajastão e Bihar, a molecada nem sabia como utilizar os novos meios de transporte. “Confesso que foi engraçado vê-los aprendendo a andar de bicicleta”, disse o rapaz meio sem jeito.

Thomas sabe que a situação apresentada às crianças da Índia não é nada parecida com a oferecida aos jovens estadunidenses. “Se eu vivesse lá, provavelmente trabalharia numa fábrica, não teria educação”, analisa o garoto, uma vez que a média de tempo de escolaridade no país é de somente 4 anos. Sensibilizado, o rapaz decidiu juntar recursos para executar a compra de 400 bikes.

Após angariar os fundos necessários, Hircock retornou à Ásia para distribuir os itens às novas gerações dos povos de casta inferiores da Índia. E o que o norte-americano pretende com esta ação? “Dar a eles uma bicicleta é fazê-los mais fortes. É uma coisa incrível”, diz. A atitude de Thomas poderá levar crianças pobres longe em distância, conhecimento e qualidade de vida, e tudo isso com apenas duas rodas ligadas por estruturas metálicas.

Thomas Hircock
Foto: intercityhoteis