Escola infantil em São Francisco ensina crianças a plantarem a própria comida

284 Visualizações
Reprodução / Facebook – Golden Bridges School Iniciativa tem o objetivo de aumentar a conexão da criança com o meio ambiente.

O distanciamento na relação de crianças e alimentos naturais é reflexo dos novos hábitos de consumo da população, que, cada vez mais, tendem a valorizar os alimentos industrializados. Desta forma, a busca em aproximar os jovens (gerações futuras) do plantio e cultivo de comida orgânica tem aumentado, através de uma série de novas alternativas.

Com o objetivo de valorizar a convivência das crianças na cultivação de alimentos naturais, a escola Golden Bridges tomou uma medida que promete render bons frutos, literalmente, para o futuro do planeta. Voltada para o ensino pré-escolar e fundamental, a instituição elaborou um plano de estudos que inclui na grade um espaço no qual os alunos aprendem a plantar sua própria comida.

Embasada no método de educação Waldorf, a escola já tem elaborado aulas ao ar livre, no qual os 55 estudantes aprendem muito mais sobre o meio ambiente e suas características. Com isso, a instituição visa transformar a rotina do ambiente escolar, fazendo com que seus alunos possam se desenvolver respeitando a natureza.

Como forma de incentivo à iniciativa, a administração da escola confirmou que já está nos planos a construção de um edifício coberto por plantas, com estrutura para alojar salas de aula e espaços de encontro. Em nota, os responsáveis por Golden Bridges confirmaram que o novo prédio ocupará cerca de 30% do terreno da escola e será o espaço onde os alunos poderão preservar suas plantações diariamente.

Outra grande sacada da instituição privada foi tornar suas mensalidades de acordo com aquilo que os pais da criança podem arcar, valorizando o conceito de igualdade social. Ainda sobre o edifício que será construído, o projeto contará com um telhado verde para retenção de água e isolamento, com o objetivo de fornecer um habitat natural para os polinizadores. No fundo do prédio haverá também uma área envidraçada para que a iluminação natural gere economia na eletricidade.

Importante destacar que o projeto da Golden Bridges é a primeira escola agrícola americana com localização em um centro urbano. Para mais informações sobre a iniciativa, acesse o link.