Dia Mundial Sem Carro contribui para o bem-estar das cidades e do meio ambiente

790 views
Avenida Paulista
Avenida Paulista. Foto: doassogue

Com o intuito de levar ao povo a reflexão sobre os males que o excesso de automóveis causa às cidades e ao meio ambiente e mostrar que a mobilidade através de transportes ecologicamente corretos é uma possibilidade real, é celebrado anualmente, no dia 22 de setembro, o Dia Mundial Sem Carro (DMSC).

Também conhecida como World Carfree Day, a data tem como objetivo propor debates para que se reduzam os índices de emissão de gases de efeito estufa, para que as políticas públicas desenvolvam iniciativas para dar segurança e estrutura para quem circula pelos centros urbanos e ensinar aos indivíduos a programarem seus trajetos com a utilização de formas de locomoção sustentáveis, fazendo assim, o uso consciente de automóveis.

Com a prática de exercícios físicos já é possível colaborar com Dia Mundial Sem Carros, pois, ciclismo e caminhada ajudam a reduzir o número de automóveis nas ruas, o que garante o sucesso do projeto e evita o estresse gratuito proporcionado por longos e frequentes engarrafamentos.

Em uma época em que são rotineiras as notícias sobre tragédias envolvendo pedestres, ciclistas e motoristas, Além disso, a população indo literalmente às ruas protestar contra o preço alto e a qualidade baixa do transporte público, fica evidente que a questão ultrapassa os limites de alguns centavos e parte para algo maior: o bem-estar social.

Além de fazer com que as pessoas deixem seus carros estacionados, esta data é propícia para que os governantes “deem partida” em soluções que amenizem os danos causados à natureza e promovam a qualidade de vida dos cidadãos, ou seja, uma hora perfeita para evoluir nos campos da saúde, diminuição da poluição e redução de acidentes.

A origem do Dia Mundial Sem Carro

Bicicleta
Foto: ministeriogracasobregraca

Historicamente, com o final do século 20, se intensificaram as preocupações com a preservação da natureza e a utilização econômica dos recursos naturais disponíveis no planeta. Partindo deste cenário, por volta de 1998, o movimento começou em algumas regiões da França. Bem aceito, foi incorporado pela União Europeia à Jornada Internacional “Na Cidade, sem meu Carro”, evento da Semana Europeia da Mobilidade (European Mobility Week), em 2000, que reunia cerca de 760 cidades.

No Brasil, o Dia Mundial Sem Carro ocorreu pela primeira vez em 2001, com as participações das cidades de Porto Alegre, Caxias do Sul e Pelotas/RS, Piracicaba/SP, Vitória/ES, Belém/PA, Cuiabá/MT, Goiânia/GO, Belo Horizonte/MG, Joinville/SC e São Luís/MA. Porém, em 2005, sob a coordenação da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, a capital de São Paulo aderiu ao evento.

Ciclocidade oferece atividades recreativas e discussões sobre mobilidade urbana

Durante Semana de Mobilidade 2013, de 16 a 22 de setembro, organizada pela Rede Nossa São Paulo, algumas ações são promovidas para melhorar a movimentação em áreas urbanas, exemplo disso é dado pela Ciclocidade (Associação dos Ciclistas Urbanos), que irá espalhar atividades pela capital, como roda de conversas, exibição de vídeos e exposição de cartoons, café da manhã e inauguração de uma oficina comunitária. Em complemento, no dia 25, Câmara Municipal sediará o seminário “A bicicleta em São Paulo: políticas públicas para transformar a cidade”, das 15h às 21h.

Portanto, o Dia Mundial Sem Carro mais uma vez servirá para que se “apertem os freios” da emissão de poluição, “acelere” em direção da conservação do meio ambiente e para que as lembranças de tragédias e congestionamentos permaneçam na garagem, mesmo que por um só dia.

Confira a programação completa da Semana de Mobilidade da Ciclocidade:

17/09 – Café da Manhã do Ciclista Zona Norte

Com distribuição de material educativo e coletes refletivos

Horário: das 6h às 09h

Local: Ciclovia da Av. Inajar de Souza, altura do número 3.200

Bicicletas
Foto: radioblog

19/09 – Café da Manhã do Ciclista Zona Oeste

Com distribuição de material educativo e coletes refletivos

Horário: das 7h às 10h

Local: Ciclovia da Av. Faria Lima, altura do número 1.727

21/09 – Mão na Roda na Vaga Viva Zona Norte

Horário: 14h às 18h

Local: Largo do Japonês

25/09 – Seminário A bicicleta em São Paulo: políticas públicas para transformar a cidade

Horário: das 15h às 21h

Local: Câmara Municipal de São Paulo – Plenário 1o de Maio

Para mais informações acesse o site da Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade).