Com proposta sustentável, supermercados sem embalagens crescem na Europa

1.222 views
Imagem: Day by Day Interior de uma das lojas Day by Day, voltada para venda a granel.

Atualmente, um terço do lixo doméstico é composto por embalagens. Desse total, cerca de 80% são descartadas depois de usadas apenas uma vez. O problema poderia ser menor se todas essas embalagens seguissem para a reciclagem, isso não é feito e o volume ajuda a superlotar os aterros e lixões, aumentando os problemas do meio ambiente.

Para mitigar o problema, diversas alternativas inovadoras têm sido criadas e espalhadas por todo o mundo. É o caso dos supermercados sem embalagens que vêm tomando conta da Europa.

O modelo conta somente com produtos a granel, especialmente massas, arroz, frutas, doces e especiarias. Ou seja, o cliente deve levar sua própria embalagem, de preferência que possa ser usada mais de uma vez.

A ideia veio de Alice Bigorgne, criadora da rede Day by Day, que inaugurou lojas em Lille, Montaigne, Versailles e Meudon, na França. Ela conta que se inspirou no livro “Lixo Zero”, para abrir a rede.

Na Alemanha, o movimento já era conhecido com a rede Original Unverpackt. Fundada por duas alemãs, a rede tem conceitos sustentáveis desde a criação: a marca participou de uma campanha de financiamento coletivo para conseguir o restante do montante necessário para avançar.

A primeira loja foi aberta em Berlim, com o objetivo de resgatar antigos hábitos de consumo que visavam comprar apenas a quantidade necessária. Assim, o consumidor evita o desperdício de produtos e materiais, como plásticos e papel que embalariam os produtos.

Além disso, outra frente importante da iniciativa é o desenvolvimento local. Esse tipo de supermercado não tem como objetivo trabalhar com muitas e grandes marcas e sim, dar preferência aos produtores locais e alimentos orgânicos.

Adicionalmente, neste modelo, além do meio ambiente, o consumidor também ganha. Isso porque um produto pode sair 40% mais barato em relação a um supermercado comum. Dessa forma, há uma geração de valor a todos os stakeholders presentes no negócio.