Cadela adota gatinha que corria risco de vida

267 views
Reprodução / Instagram Bichos são parceiro inseparáveis.

A amizade e aproximação entre animais de diferentes espécies sempre causa espanto e chama a atenção das pessoas em todo o mundo, viralizando vídeos e fotos na internet.

Reprodução / Instagram Gatinha foi encontrada com apenas três semanas de vida.

O caso mais recente é o da cumplicidade e parceria que surgiram entre a gatinha Rosie e a husky siberiana Lilo. Com apenas três semanas de vida, Rosie foi encontrada em péssimo estado de saúde pela família da cadela, que não esperava o nascimento de uma amizade entre as espécies.

Por estar em um estado precário, a gata quase não sobreviveu às primeiras noites, apesar dos cuidados da família. O fator decisivo para essa recuperação se deu quando Rosie adotou Lilo como mãe e começou a mamar. Isso estreitou ainda mais os laços entre as duas e elas se tornaram parceiras inseparáveis. Em apenas uma semana, a felina abriu os olhos pela primeira vez.

Reprodução / Instagram Gatinha ganhou forças ao começar a mamar na cadela.

O sucesso da história se deu porque, além da parceria entre as duas, Lilo e sua irmã Infinity já são sucesso no Instagram há algum tempo. A família mantém o perfil @lilothehusky, que já conta com mais de 65 mil seguidores, que acompanham diariamente as fotos das cadelas. Nas imagens e vídeos postados, percebe-se que a chegada de Rosie alegrou ainda mais o dia a dia das duas.

Mas, gatos e cães não são inimigos mortais?

Alguns cientistas vêm estudando cada vez mais o relacionamento entre animais de espécies diferentes a fim de acabar com o mito de que eles jamais poderão se dar bem. Já em 1985, a primatologista Barbara Smuts, da Universidade de Michigan, chocou alguns de seus colegas ao usar a palavra “amizade” para descrever laços afetivos entre animais.

Além disso, algumas pesquisas famosas já apontaram, por exemplo, as semelhanças entre o Homo Sapiens e outras espécies. Sabe-se que outras espécies partilham de habilidades antes consideradas exclusivamente humanas, como algumas emoções, o uso de ferramentas, a capacidade de contar, certos aspectos de linguagem e mesmo o senso de moral.

Reprodução / Instagram Amizade entre os bichos faz sucesso nas redes sociais.
Reprodução / Instagram Perfil dos bichinhos em rede social tem mais de 70 mil seguidores.