Eco-hostel boliviano é exemplo de bioarquitetura

276 Visualizações
Photos © Ana Lisa Alperovich for Inhabitat Local é um exemplo de bioarquitetura.

Os mochileiros e vegetarianos têm agora um lugar ideal para se hospedar na Bolívia. Localizado a 20 minutos da cidade de Copacabana, na divisa com o Peru, o Eco-Hostel Kasa Cultural Sol y Luna foi erguido com materiais recicláveis, sendo um exemplo de bioarquitetura.

Photos © Ana Lisa Alperovich for Inhabitat Algumas paredes são feitas de garrafas retiradas do rio.

A fundadora do hostel, a boliviana Hermana Libertad, contou com o apoio de 36 voluntários para tornar o sonho realidade. Para a construção das paredes, banheiros e estufas, foram colhidas milhares de garrafas de plástico e vidro jogadas no lago próximo, o Titicaca. Já os pneus velhos foram reaproveitados na construção dos jardins verticais.

No Eco-Hostel a comida vem direto da horta construída no local.Por alí são plantados couve-flor, rúcula, feijão entre outros. Seguindo o conceito de sustentabilidade, a água da chuva é armazenada e reutilizada nos banheiros e para aguar as plantas.

O local conta ainda com seis quartos com vista para o lago, além de redes posicionadas próximas a ele. Para se hospedar no hostel, é necessário desembolsar apenas US$ 2,50 (aproximadamente R$7,00) pela diária. Caso o viajante não tenha dinheiro, a hospedagem pode ser gratuita em troca de ajuda no Eco-Hostel.

Photos © Ana Lisa Alperovich for Inhabitat Hostel atrai turistas que amam estar em contato com a natureza.