Nova fábrica da Lego na China terá telhado coberto por placas solares

610 views
LEGO.COM Painéis a serem instalados são capazes de produzir eletricidade para abastecer mais de seis mil casas chinesas.

Um dos maiores poluentes do mundo, a China, teve um crescimento sustentável bastante significativo nos últimos 20 anos. Em 2015 o país bateu o recorde mundial de energia limpa por instalar 16,5W de energia solar.

Agora o Grupo LEGO, líder mundial em brinquedos de montar, decidiu entrar nessa onda e nos próximos meses vai instalar 20 mil painéis solares no telhado de sua nova fábrica, em Jiaxing. O objetivo é fazer com que essas placas entrem em operação no verão de 2017, produzindo aproximadamente 6 gigawatts por ano, equivalente ao uso de eletricidade de mais de seis mil casas chinesas.

Os painéis instalados serão responsáveis pelo fornecimento de 7% do consumo total de eletricidade do local, se comprado com as fontes convencionais de energia. Esse processo vai colaborar na redução de mais de quatro mil toneladas de CO2 que são lançadas anualmente na atmosfera.

O vice-presidente de Sustentabilidade Ambiental do Grupo LEGO, Tim Brooks, ressaltou em texto publicado no site da empresa: “Queremos reduzir o impacto que temos no planeta ao fabricar nossos produtos. Nossos investimentos em energia eólica renovável e limpa, bem como os painéis solares da fábrica em Jiaxing, são importantes acréscimos às outras iniciativas que já estamos desenvolvendo globalmente para reduzir nosso impacto no meio ambiente.”

Busca por ações amigas do planeta

Esse investimento só fortalece o interesse da empresa em tornar o seu consumo de energia mais sustentável e limpo até 2020. A empresa ainda se comprometeu em investir um bilhão de coroas dinamarquesas na busca de novas alternativas para substituir os materiais plásticos usados para a fabricação de seus brinquedos de montar.

A fábrica ainda conta com outras soluções sustentáveis, com uma iluminação 100% feita de LED, duas vezes maior que o nível de isolamento necessário, placas solares térmicas para gerar água quente nos banheiros, máquinas de moldagem eficientes de última geração, uso de águas da chuva para irrigação e veículos elétricos para transporte no local.

Brooks ressaltou: “Com nosso desejo de deixar um impacto positivo para o mundo e para as gerações futuras, vivemos de acordo com o lema ‘só o melhor é bom o suficiente’, criado pelo fundador do Grupo LEGO, Ole Kirk Kristiansen.”

Ao longo dos últimos três anos a quantidade de energia utilizada para a fabricação de um LEGO foi reduzida em 16% e até o final desse ano eles querem ter uma redução adicional de 2,5%.