Conheça os 10 hotéis brasileiros mais sustentáveis

2.837 views

Conforto não é mais o principal requisito de um hotel luxuoso e atrativo. Alguns empreendimentos do setor hoteleiro vêm aplicando estratégias contra o desperdício de energia, água e outras fontes não renováveis a fim de tornar visível sua responsabilidade com o meio ambiente. Eles buscam fazer parte de grupos de hotéis com o selo 14001, uma norma internacional relacionada a um Sistema de Gestão Ambiental capaz de certificar se uma empresa se preocupa de verdade com preservação do planeta.

Outra certificação também é importante para identificar empreendimentos sustentáveis. Segundo a ONG Green Building Council Brasil (GBC), no Brasil existem apenas 14 empresas com a certificação Leadership in Energy and Envirommental (LEED), selo concedido às edificações que utilizam racionalmente os recursos naturais e que usam técnicas para suavizar as causas das mudanças climáticas e realiza projetos sociais de responsabilidade socioambiental. Confira a lista dos 10 hotéis mais sustentáveis do Brasil e suas ações “verdes”:

Atividades sociais

Doação para ONG´s são consideradas atividades sociais e entram nos requisitos de uma empresa com compromisso sociambiental por promover o bem estar de um todo. A Pousada Âmbar, localizada no litoral da Bahia, realiza projetos sociais de doações de vários tipos de materiais, roupas e alimentos. A coleta seletiva e a instalação de lâmpadas LED fluorescentes também estão entre as posturas sustentáveis da pousada.

Aulas de inglês para moradores

Os administradores da Terra Patris Atelier Pousada empenham-se em ações socioambientais que favoreçam os moradores locais. Por isso oferecem curso de inglês que custam R$ 2 por duas horas semanais, um custo baixo para atender especificamente a população de baixa renda da região de Barra Grande, interior do Piauí. A pousada realiza coleta seletiva, utilizam sacos de lixo de plástico oxibiodegradáveis (plástico composto por item orgânico que se decompõe mais rápido natureza) e constroem os chalés com palhas de carnaúba.

Terra Patris Atelier Pousada
Foto: Divulgação

Adubo orgânico

O Hotel Bühler, em Visconde de Mauá (RJ), arrumou um local para despejar restos de comida. No próprio empreendimento há o “Lixo Mínimo”, um sistema de coleta que armazena o resíduo orgânico que serve de adubo para o jardim e a horta. De acordo com Norma Bühler, gerente do estabelecimento, o óleo utilizado na cozinha também é armazenado e transformado em sabão para ser usado na limpeza do hotel.

Lixo mínimo Hotel Bühler
Foto: hotelbuhler

Reutilização de água

No Resort Porto Preguiças a água utilizada recebe tratamento de fluidos para ser reutilizada na descarga do vaso sanitário e para regar as plantas. O hotel, localizado na cidade do Maranhão, preserva 50% de mata nativa em torno do estabelecimento, além de reflorestar o local com espécies de plantas da região, além disso, possui horta orgânica e serviço de descarte correto dos resíduos sólidos.

Resort Porto Preguiças reflorestamento
Foto: portopreguicas

Uso de energia solar

O Canto das Águas, em Chapada Diamantina (BA), é um hotel preocupado em usar a luz solar para gerar energia, por isso os apartamentos são mantidos pela energia elétrica gerada por painéis fotovoltaicos. Os resíduos que sobram durante a poda das plantas se tornam material de compostagem para adubar as demais plantas do local.

Canto das Águas
Foto: Divulgação

Lâmpadas econômicas

Nos grandes espaços internos do hotel Beco de Noronha, em Fernando de Noronha (PE), são utilizada lâmpadas de LED, que é mais econômica e tem maior intensidade luminosa do que as incandescentes. E por falar em sustentabilidade, o hotel ainda conta com aquecimento da água através de placas solares, coleta seletiva e a água usada na lavanderia é reutilizada na descarga do vaso sanitário.

Beco de Noronha
Foto: Divulgação

Valorização da cultura

Para que um hotel seja certificado como sustentável, as práticas precisam ir além da economia de energia elétrica, água e reflorestamento, voltando-se para atividades de reconhecimento social. Por isso, o hotel Paraíso Eco Lodge patrocinou o trabalho de grupos de artesãos de Ribeirão Grande, no Vale do Ribeira (SP). Outra medida em favor da natureza é a ideia de que os hóspedes fiquem em maior contato com a natureza ao tomar banho no lago.

Lodge
Foto: Divulgação

Plástico reciclado na construção

O Hotel Vale das Nuvens, localizado em Guaramiranga (CE), é inusitado sem deixar de ser sustentável. Na construção dos apartamentos foram utilizadas garrafas de plástico como matéria-prima, além dos materiais convencionais. O hotel conta com um sistema de tratamento de esgoto que trata 85% da água consumida no local, que é reaproveitada para regar as plantas e na descarga do vaso sanitário.

Hotel Vale das Nuvens
Foto: Divulgação

Madeira certificada

O Nau Royal, em São Sebastião (SP), utilizou madeira certificada pela FSC (Forest Stepwarship Council) – este selo garante que ouve manejo florestal adequado, preservando natureza e prevenindo o desmatamento – na construção de dois pavimentos do hotel em 2012. Além disso, para conter o desperdício de água, foi adotado um sistema que libera apenas de 3 a 6 litros de água destinados à descarga. A estrutura do hotel também conta com aquecimento solar para aquecer as duchas.

Nau Royal
Foto: Divulgação

Bicicleta para hóspedes

A Pousada do Toque, em São Miguel dos Milagres (AL), entrou na lista de um dos hotéis mais sustentáveis no Brasil por disponibilizar bicicletas para os hóspedes como meio de transporte, ajudando a diminuir as emissões de CO2. Dessa forma, o hotel incentiva a prática de exercícios físicos e conscientiza os hóspedes sobre a preservação do meio ambiente. As atividades sociais da pousada reúnem ainda cursos de idioma para a comunidade, parcerias com ONG´s e valorização do artesanato local.