Tigre-de-bengala fêmea maltratada em circo é resgatada e mostra incrível recuperação

890 Visualizações
Reprodução / Blog – IN-SYNC EXOTICS Aasha foi resgatada pela Vicky Keahheu, bem fraca e maltratada.

Muitos animais são maltratados e criados em situações precárias nos circos em todo o mundo. Um desses animais é o tigre-de-bengala, que além de ser um dos felinos mais ameaçados de extinção, sofre com esse grave problema.

Aasha, um filhote de tigre de nove meses, foi achado nessa situação. A fêmea pertencia a um circo itinerante e pesava apenas 13kg, sendo que esse é o normal para um filhote de três meses de idade.

Aasha sofreu maus tratos pelos seus donos durante muito tempo, mas felizmente, Vicky Keahhey, veterinária e fundadora do Texas ‘In-Sync Exotics Wildlife Rescue and Educational Center, uma organização sem fins lucrativos que se dedica ao resgate de felinos que sofrem maus tratos e abusos, a resgatou. O animal está sob seus cuidados desde 2011.

Vicky disse ao site The Dodo: “Aasha tinha queda de pelos que cobria quase todo o seu corpo e sua pele estava seca e rachada, com áreas escuras e sangrando”. Quando a fêmea foi encontrada, tinha as patas inchadas e vermelhas, o corpo coberto de micose e a barriga e cabeça quase sem pelos.

Durante quatro semanas, Aasha tinha que tomar banho com medicamentos e duas vezes por dia tomava dois tipos diferentes de medicamento via oral.

Tantos meses de cuidado, boa alimentação, esforço e amor, fez com que o filhote começasse a se curar e ficar cada mais saudável. Eles até trouxeram um amigo, o Smugller, que ficou louco por ela. Hoje os dois vivem no mesmo recinto e seguem em recuperação.

In-Sync Exotics Wildlife Rescue and Education Center Aasha segue em recuperação.
In-Sync Exotics Wildlife Rescue and Education Center Smuggler and Aasha
In-Sync Exotics Wildlife Rescue and Education Center Aasha recebeu os cuidados da ONG que se dedica ao resgate de felinos.