Pássaro que inspirou a criação do desenho Pica Pau será declarado extinto

235 views

O Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos retirou 22 espécies de animais e uma de planta da lista de ameaça de extinção – mas não pelo motivo que desejaríamos. Infelizmente, essas espécies já não são mais encontradas na natureza há um bom tempo e, por esta razão, em setembro, elas foram declaradas oficialmente extintas pelo governo americano. Acredita-se que elas tenham desaparecido completamente de uma terra que está passando por um crescimento populacional humano e uma grave crise climática.

Um desses animais agora extintos é o pica-pau-bico-de-marfim, que deu vida ao icônico personagem do desenho animado Pica-Pau. O pássaro já foi a maior espécie de pica-pau dos Estados Unidos, mas o último avistamento comum da ave foi em 1944, na Louisiana.

Os fatores por trás dos desaparecimentos variam – desenvolvimento excessivo, poluição da água, extração de madeira, competição de espécies invasoras, pássaros mortos pelo comércio de penas e animais capturados por coletores particulares. A ação humana foi a causa determinante de todas essas extinções.

Perspectivas sombrias

Cientistas alertam que as mudanças climáticas podem tornar esses desaparecimentos mais comuns, já que o aquecimento do planeta aumenta os perigos que enfrentam as plantas e a vida selvagem.

O movimento ressalta uma crise de extinção que está crescendo em todo o mundo. A taxa na qual a extinção ocorreria naturalmente é de cerca de uma a cinco espécies por ano. Agora, as espécies estão se extinguindo de 1.000 a 10.000 vezes mais. De acordo com a ONU, 1 milhão de espécies de animais e plantas estão agora ameaçadas de extinção, muitas em décadas, mais do que antes na história humana.

Fontes: BBC | AP NEWS | The Guardian