Entenda o que é defaunação e quais os seus riscos

1.118 Visualizações
© Depositphotos.com / Pakhnyushchyy Ao alterar a biodiversidade, o clico alimentar os problemas ambientais podem ser potencializados.

Já não é de hoje que a batalha contra os riscos de extinção de espécies é um problema grave e tem gerado grandes consequências. Mais do que a perda da biodiversidade animal, o meio ambiente sofre também com o impacto causado pela redução (ou ausência) de espécies, representado por problemas como a perda de predadores e falta de manutenção dos ecossistemas.

Esse processo, caracterizado pela expressiva diminuição no número de exemplares de animais de médio e grande porte, é conhecido como defaunação, que é responsável por tornar os ecossistemas do planeta vulneráveis em razão da perda de biodiversidade global. Para explicar sobre o problema, um estudo feito por centros da Espanha, Panamá e Holanda foi redigido.

Segundo os responsáveis pela pesquisa, os efeitos da defaunação na natureza evidenciam a importância da atuação dos predadores de grande e médio portes na tarefa de prezar pela estabilidade dos sistemas ecológicos em que vivem.

Uma série de testes e experiências foram realizadas pelos pesquisadores, que, por sua vez, puderam observar de perto a importância desses animais no controle e gerenciamento de recursos disponíveis nos meios naturais.

Liderado pelo pesquisador do Centro de Pesquisa Ecológica e Aplicações Florestais de Barcelona e da universidade da Antuérpia, Guille Peguero, o estudo pode mostrar explicitamente a relação entre a defaunação e o desequilíbrio ambiental. Segundo o próprio, o processo tem sido cada vez mais estimulado através da caça ilegal, desmatamento e da perda e fragmentação de seus habitats.

Entre os riscos atrelados aos efeitos da defaunação está a quebra de ciclos de alimentação de várias espécies – que, por consequência, sofrem para sobreviver e reproduzir – e, principalmente, as alterações climáticas globais, potencializadas pelas alterações nos ecossistemas.