Dubai quer instalar placas solares em todos os telhados até 2030

Cidade símbolo da riqueza do petróleo direciona esforços para captação de energia solar. Expectativa é tornar Dubai uma referência em energia limpa

2 de janeiro de 2016
publicado por
Redação

flickr.com / Michael Theis O objetivo está diretamente ligado às estratégias para mitigar as emissões de gases do efeito estufa.

A energia solar é uma ótima alternativa para geração de energia elétrica. Ao trocar as fontes tradicionais geradoras de energia, como as hidrelétricas, termoelétricas, carvão, petróleo ou diesel, por alternativas sustentáveis como a energia solar, o impacto no meio ambiente é evidente e inquestionável. O motivo? O Sol é uma fonte renovável de energia (ao contrário do petróleo, por exemplo) e não provoca qualquer dano ao ecossistema (como as hidrelétricas provocam), por isso, projetos direcionados para captação de energia solar sempre merecem nossa atenção.

A novidade da vez vem de uma das cidades mais comentadas da atualidade, Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Na terra onde o petróleo reina e ergue edifícios cada vez maiores, a energia solar vai aos poucos conquistando um espaço importante. A prefeitura de lá divulgou que pretende instalar placas solares em todos os telhados dos edifícios da cidade até 2030. Pelo menos não é por falta de Sol que irá faltar energia, afinal, Dubai está localizada em uma das regiões mais quentes do mundo.

Também foi criado um fundo de US$ 27 bilhões para financiamento de produtores de energia limpa através de empréstimos de baixo custo. Dubai ainda planeja que 25% de toda a energia consumida pela cidade se torne “limpa” até 2025 e que este percentual chegue a 75% em 2050.