No Rio, estações de nova linha do metrô terão iluminação natural

432 Visualizações
Fonte: rj.gov.br As claraboias e janelas ajudarão na iluminação e na circulação do ar.

As estações de São Conrado e do Jardim Oceânico, da linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro, vão ganhar claraboias de vidro que favorecerão a circulação de ar e a iluminação natural. O projeto sustentável, além de contribuir para a economia de energia, também vai ajudar a valorizar esteticamente os espaços.

No Jardim Oceânico, o projeto prevê janelas de vidros e fendas laterais para facilitar a ventilação. Já na Estação São Conrado, as claraboias serão instaladas nos acessos dos passageiros na Estrada da Gávea para iluminar a área de circulação onde estarão situadas as bilheterias e catracas.

A nova estrutura também beneficiará os espaços subterrâneos. Estas claraboias ficarão onde funcionam os poços de ventilação e exaustão do bitúnel, já aberto entre São Conrado e a Barra da Tijuca, com 5 quilômetros de extensão – o maior em rocha entre estações metroviárias do mundo.

Das seis estações da nova linha, as duas que ganharão iluminação natural são as que vão receber o maior número de passageiros a partir do primeiro semestre de 2016, mais de 150 mil ao todo.

A preocupação com o meio ambiente não se limita à instalação de iluminação natural nas estações. O projeto da Linha 4 também conta com uma estação de monitoramento da qualidade do ar, ruídos e vibrações. Além disso, a água resultante da escavação dos túneis é tratada e reutilizada no empreendimento.