Empregos sustentáveis são a nova tendência do mercado de trabalho

737 Visualizações
Emprego sustentável
Foto: br116-392

Aumentar o número de máquinas industriais, elevar o índice de produção, ampliar a quantidade de fábricas… Resumindo, lucrar através da utilização dos recursos naturais. Todas estas medidas causaram a devastação de grande parte do espaço destinado à natureza. Porém, este conceito está mudando de uns tempos para cá. Agora é possível receber salário para preservar o meio ambiente com os empregos sustentáveis.

Em demanda crescente no cenário atual, as oportunidades são geradas para a instalação em escala global da chamada “economia verde”, definição criada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), vertente na qual são propostas ao mercado algumas mudanças no consumo e nas práticas econômicas, visando incorporar iniciativas relacionadas à conservação de componentes naturais nos empreendimentos de pequeno, médio e grande porte.

As vagas não são restritas a um nível de escolaridade específico, como, por exemplo, para exercer a função de ajudante de reflorestamento é necessário ter ensino fundamental completo e experiência com métodos rurais. Há também empregos que exigem a conclusão do ensino superior, como nos casos de consultor florestal e trainee em Engenharia Florestal, para quem se graduou recentemente. Aos estudantes, são oferecidos programas de estágio e até intercâmbio.

Para que os empregos sustentáveis sejam atrativos aos trabalhadores, são apresentados benefícios ligados a transporte, alimentação, saúde e aposentadoria. Porém, como em qualquer outro setor, o domínio de uma língua estrangeira aumenta as chances de contratação. É importante ressaltar que os cargos são distribuídos por diversos estados do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Florianópolis, Bahia, Pernambuco, Goiânia e Manaus, ou seja, a área se torna de fácil acesso.

Guarda Ambiental
Foto: folharibeiraopires

O site Empregos Sustentáveis faz jus ao nome, divulgando de maneira gratuita, oportunidades para atuação no seguimento “ecologicamente correto”. “O intuito do site é reunir em um único espaço apenas as vagas sustentáveis e ligadas ao meio ambiente. E, desta forma, se tornará uma referência aos profissionais e estudantes desta área na hora de buscar empregos ou estágios”, explica Caroline de Freitas, analista de marketing do Empregos Sustentáveis.

Numa visão mais abrangente, funções que, aparentemente, não estão ligadas a ecologia, são capazes de aflorar seu lado “verde” ao aderir aos preceitos da sustentabilidade através de pequenas ações que promovem a conservação dos recursos naturais, por exemplo, um escritório reduzir o desperdício de papel, profissionais de limpeza usarem água de forma consciente ou uma empresas de transporte melhorarem a qualidade do serviço para que mais pessoas deixem seus carros em casa, algo que reduziria a emissão de gás carbônico.

Portanto, enquanto algumas profissões são criadas visando preservar o meio ambiente e os recursos naturais, a tendência é de que ocupações que não estão diretamente conectadas ao ramo se adaptem. Basicamente, o emprego sustentável é um conceito que chegou para ficar. Pensando nisso, já se imaginou trabalhando em uma floresta? Deve ser bem melhor do que encarar a “selva de pedra” imposta pelas condições do transporte público e trânsito nos horários de pico.