Descubra o que é permacultura e como este conceito pode ajudar o meio ambiente

1.971 views
Permacultura
Foto: emissaozeroepermacultura

O termo permacultura deriva das palavras “agricultura” e “permanente”, tendo como princípio básico produzir sem agredir o meio ambiente. O equilíbrio é o ponto fundamental para que não haja agressão contra a natureza e é fundamental para a sobrevivência dos seres humanos.

Bill Mollison e David Holmgren foram os precursores do conceito nos anos 70. No início a permacultura dedicava-se ao planejamento de ecossistemas agrícolas produtivos, estendendo-se para diversos ramos de atividades. Com o passar dos anos, o conceito então foi criado da ideia de uma agricultura permanente. Os princípios da técnica foram buscados nas sociedades indígenas e nas tradições espirituais, destacando o respeito com o meio ambiente dentro da própria comunidade, respeitando o que a natureza oferece.

A permacultura visa ajudar o meio ambiente, por meio do cuidado com a terra, para que assim, os sistemas de vida tenham continuidade e as pessoas possam ter acesso ao que é necessário para sua subsistência. Além disso, a ideia de repartir o que é excedente, assim como os ecossistemas saudáveis, estimula a produção consciente e reduz o desperdício.

Para implementar a técnica em uma determinada região é preciso analisar as características de cada ambiente, levando em conta os recursos naturais, sem interferir no ecossistema local. Por exemplo, locais úmidos favorecem o cultivo de feijões e outras leguminosas. Em locais secos, não há a necessidade de forçar a umidificação do solo, sendo possível cultivar alimentos, como o milho e a mandioca, próprios para este tipo de terreno. Os materiais descartados pela própria natureza também são aproveitados, em forma de adubos naturais para os alimentos produzidos.

Permacultura
Foto: conservationproject

O criador do termo dizia que a permacultura é uma tentativa de criar o jardim do Éden, para que os recursos sejam abundantes para todos sem agredir o meio ambiente. E realmente existem métodos e estratégias para que isso seja possível.

O permacultor utiliza a terra sem desperdício ou poluição, restaura paisagens degradadas e evita o desperdício de energia. A agricultura é realizada sustentavelmente, de forma justa e viável, sem degradar o meio ambiente, integrando-se a ele. E não é somente geração de energia e agricultura que compreende a permacultura. É possível também planejar educação, industrialização, transporte e saúde, por exemplo.

Em geral, os princípios da permacultura são a interação, captação de armazenagem de energia, obtenção de rendimentos com recursos próprios, uso e valorização de recursos renováveis, redução de desperdícios, integração, valorização da diversidade, uso da criatividade e adaptação a mudanças.