Descubra como fazer adubo orgânico caseiro

1.344 Visualizações

 

© Depositphotos.com / lightsource

Para que as plantas cresçam fortes e saudáveis, tanto quem possui um jardim ou mesmo vasinhos precisa ter a preocupação de adubá-los. No mercado existem vários produtos cheios de substâncias, porém, em casa é possível fazer adubo orgânico.

Um processo simples é utilizar produtos que normalmente iria descartar, como cascas de cenoura, chuchu, batata, abóbora, banana e ovos. Corte-as em cubinhos e distribua nos vasos, xaxins ou em canteiros.

Além de econômico, o adubo orgânico oferece ao solo um material rico em nutrientes e, consequentemente, ajuda a reduzir a quantidade de lixo que vai diariamente para os aterros e lixões do Brasil.

Outra dica para fazer adubo caseiro é por meio da compostagem. Para isso, é necessário ter um recipiente para colocar o material orgânico. Pode ser um pote de sorvete, uma lata de tinta ou um balde. É importante furar o fundo, pois é por lá que vai passar o chorume (líquido eliminado pelo material orgânico em decomposição).

Embaixo do recipiente no qual você vai colocar o material orgânico, deve haver outro que vai recolher o chorume. Depois, o segredo da compostagem é sobrepor os tipos de resíduos orgânicos, ou seja, o processo é feito em camadas.

Quanto menor estiver o material que você colocar (tanto o seco quanto o úmido), melhor. Comece com uma camada de material seco, depois coloque o material úmido. Em seguida coloque outra camada de material seco, umedeça-o um pouco e continue o processo. A última camada (a que vai ficar exposta) sempre deve ser seca, para evitar mau cheiro.

A cada 15 dias é importante mexer os resíduos com auxílio de uma luva ou pá para fornecer oxigênio ao processo. O tempo para ter o adubo orgânico final varia em função da quantidade de lixo usado e pela forma como a compostagem é feita. Em média, é possível chegar ao final do processo em 2 ou 3 meses.