Cooperativa promove iniciativa para a preservação de nascentes em propriedades rurais

387 views
Divulgação Projeto Recuperando Nascentes – Sicredi

O Projeto Recuperando Nascentes, desenvolvido pela cooperativa Sicredi, tem como objetivo promover ações sustentáveis na região do pantanal, transformar o meio ambiente das comunidades, além de manter um contato cada vez mais próximo com seus associados e comunidade em geral.

A iniciativa tem como proposta a recuperação e preservação do curso da água das sub-bacias dos rios afluentes do Pantanal Mato Grossense na propriedade dos associados da cooperativa, que abrange os municípios de Rondonópolis, Pedra Preta, Alto Araguaia, Alto Taquari, Alto Garças, Guiratinga, Tesouro, São José do Povo, Poxoréo e Itiquira, situados na região sul do estado de Mato Grosso.

Devido à iniciativa, o Sicredi recebeu o selo de sustentabilidade do Programa Benchmarking Brasil 2014, criado pelo Instituto Mais.

O programa planta mudas de árvores nas áreas diagnosticadas como problemáticas para preservação com fins ecológicos e econômicos. Feito isso, há monitoramento com elaboração de relatórios das localidades implantadas para promover o recobrimento mais rápido e efetivo da região contemplada.

A adesão ao projeto, por parte do associado, é muito simples, basta procurar uma das Unidades de Atendimentos da Cooperativa Sicredi Sul MT e preencher a ficha de solicitação do projeto, que, posteriormente, será enviada à área de comunicação da cooperativa, que fará o contato com o associado para agendar a visita.

O próximo passo é a realização da visita técnica, conduzida por um engenheiro agrônomo contratado pela cooperativa. Após a avaliação do profissional, é desenvolvido o cronograma com todas as melhorias que precisam ser feitas no local a ser recuperado.

Após a visita, é feito o estudo de quantas mudas precisam ser plantadas na região, qual o tipo mais adequado para a área e também os espaçamentos das covas.

Empresa: Sicredi

Case: “Recuperando Nascentes”

Responsável: Janille Castro

Este case foi certificado pelo Programa Benchmarking Brasil, edição 2014.