Alimentação crudívora, você conhece?

587 Visualizações

Como o próprio nome já diz, na alimentação crudívora ou alimentação viva os alimentos são consumidos crus ou desidratados para evitar a destruição de enzimas responsáveis por levar os nutrientes às nossas células.

Quem opta pela alimentação viva deve estar atendo à procedência de cada produto. Os legumes, frutas e verduras devem ser de preferência orgânicos – livres de agrotóxicos –, mas mesmo assim ainda há o risco de contaminação por vermes que podem surgir na produção e/ou durante a manipulação dos alimentos.

Esse tipo de dieta é muito seguida por veganos e vegetarianos, e também em processos de desintoxicação do organismo, a famosa dieta detox, que deve ser feita com acompanhamento profissional.

Alimentos orgânicos Alimentos orgânicos.

Preparo dos alimentos

Grãos crus, leguminosas, nozes e sementes contêm inibidores de enzimas que podem ser liberados com um processo bem simples e que já falamos aqui, quando falei dos leites vegetais. É a imersão em água por um período específico de tempo que varia de 2 horas (para castanha de caju) até um dia. Geralmente, deixar os grãos de molho por uma noite é suficiente.

Desidratação

Essa é outra forma de consumos dos alimentos na alimentação crudívora. Os alimentos podem ser aquecidos, nunca acima de 48°C, utilizando um equipamento chamado desidratador, que simula secamento pelo Sol.

O que evitar

Existem alimentos que crus podem ser tóxicos ou que são cultivados com quantidade muito grande de agrotóxicos. São eles:

• Feijão roxo e feijão vermelho;

• Soja e fava;

• Trigo sarraceno verde;

• Cogumelos;

• Ervilhas;

• Batatas;

• Inhame;

• Mandioca e farinha de mandioca;

Esse tipo de dieta é muito seguida por veganos e vegetarianos, e também em processos de desintoxicação do organismo, a famosa dieta detox, que deve ser feita com acompanhamento profissional.”

Benefícios

A dieta viva contém menos gordura trans e saturadas, baixo teor de sódio, açúcar e é rica em potássio, magnésio, fibras, vitamina A e antioxidantes. Dentre os benefícios, está o aumento de energia, perda de peso e redução do risco de doenças.

Cuidados

Veganos e vegetarianos já lidam com a necessidade de suplementação da vitamina B12, que só é encontrada em proteína animal. Além disso, outras deficiências nutricionais podem ser associadas a esse tipo de alimentação: ferro, zinco, ômega-3 – que também podem ser suplementadas ou supridas com maior variedade na alimentação.

Torta crua de morango

A receita dessa torta crua está no blog também. É fácil de fazer e fica realmente muito gostosa.

Ingredientes da massa:

• 360 ml de castanha do Pará ou outra noz e amêndoas;

• 240 ml de coco ralado;

• 8 tâmaras.

Recheio:

• 480 ml de castanha de caju (deixe de molho por pelo menos 12 horas);

• 1 colher de sopa de suco de limão;

• 120 ml de xarope de agave (Pode substituir por melado de cana);

• 120 ml de óleo de coco;

• 1 colher de chá de extrato de baunilha;

• 500g de morangos (deixe alguns para decorar).

Modo de preparo:

Para fazer a base, processe todos os ingredientes da massa no liquidificador ou processador até formar uma pasta. Depois, divida a massa em duas partes iguais. Cubra o fundo da forma com papel manteiga. Colocar a primeira parte da massa na forma e aperte com a mão para obter a base do bolo. Proceda da mesma maneira com a outra metade da massa em outra forma (ou prato). Leve ambas as bases para a geladeira.

Para fazer o recheio, coloque todos os ingredientes no liquidificador ou processador e bata até formar um creme liso. Também divida o recheio em duas partes iguais (nossa torta crua tem duas camadas, mas se quiser fazer com uma só, não tem problema).

Tire a base da geladeira e coloque a primeira camada de recheio. Leve a geladeira ou congelador novamente por mais uns 20 minutos. Retire, coloque a base que você fez separadamente, coloque o que restou do recheio e leve a geladeira por mais 20 minutos. Agora sim, é hora de tirar da forma.

Retire com cuidado para que não quebre, se precisar, alise com uma espátula e enfeite com os morangos que você deixou separado para isso. Só tire do congelador uns 15 minutos antes de servir para que o creme não derreta muito.

Divulgação Torta crua de morango.

Para a Páscoa

Como estamos bem pertinho da Páscoa, vou deixar uma dica super fácil para uma torta “fake” de chocolate.

Para a base você pode repetir a mesma receita acima, mas para o creme, faça o seguinte:

Creme de abacate com cacau

Ingredientes:

• 1 abacate;

• 2 colheres de sopa de cacau;

• 2 colheres de sopa de melaço ou agave.

Modo de preparo: Bata o abacate em um processador de alimentos ou até que fique homogêneo. Adicione o cacau e o adoçante que escolheu (melaço ou agave). Bata mais um pouco e está pronto. É só colocar por cima da massa. Sempre prove antes, se precisar adicione mais cacau ou mais adoçante.

Tá pronto! É só colocar na geladeira por algumas horinhas e servir.

papacapimveg Creme de abacate com cacau.