Sustentabilidade cultural: juntos por um mundo melhor

5.095 views
Índio Brasileiro
Foto: envolverde

Os pilares da sustentabilidade são a economia, meio ambiente e a área social. Recentemente um novo pilar vem sendo estabelecido: a cultura. A sustentabilidade cultural é a inserção dos valores culturais às pessoas, mas de forma ecologicamente correta. As pessoas precisam entender como funcionam os mecanismos de preservação, onde estão inseridas neste contexto e como podem mudar o mundo com simples ações.

A cultura é fundamental para que as pessoas entendam o verdadeiro significado da preservação e conservação dos recursos naturais, além de exercer um papel importante no desenvolvimento do país e do mundo. O Brasil possui uma diversidade imensa em níveis de tradições e conhecimentos, e a preservação das raízes culturais de povos sertanejos, índios e comunidades ribeirinhas, que tem como foco a preservação do ambiente em que vivem, a colheita do que a terra produz e o respeito pela natureza é fundamental para que a sustentabilidade seja, de fato, aplicada em todos os âmbitos da sociedade. A sustentabilidade cultural é exatamente isso, uma sociedade em que todos juntos lutam por um mundo melhor.

Sem a necessidade de intervir nas tradições e atividades cotidianas de um povo, só existirão benefícios. Não há necessidade de investir financeiramente na preservação de uma cultura local, visto que ela já sobreviveu até hoje sozinha. O que deve ser feito é não interferir em seu andamento normal e sim lutar pela sua continuidade. Cuidar de patrimônios culturais ou incentivar o turismo são atividades que beneficiam a sustentabilidade cultural.

Museu Histórico de Sergipe
Museu Histórico de Sergipe. Foto: e-sergipe

Todos lutam juntos por um mundo melhor e, desta forma, precisam lutar também pela preservação de acervos culturais e facilitar o acesso e conhecimento de materiais que contam a história de um povo, como os museus. Entender como funcionam as tradições e um povo é o primeiro passo para compreender o significado da sustentabilidade cultural, e, quem sabe aplicá-la.

Conhecer o seu passado, as atividades realizadas por seus avós e bisavós, pesquisar como a sociedade vivia naquela época e tentar preservar tradições daquela região ajuda a inserir o significado do termo sustentabilidade cultural de forma mais simples e prática. É preciso que as pessoas a entendam como uma responsabilidade social, uma necessidade cotidiana.