Estudantes criam jaqueta feita de máscaras descartáveis

122 views

Já faz mais de um ano do uso frequente de máscaras descartáveis devido à Covid-19. No início da pandemia, a indústria de moda trabalhava arduamente para atender às demandas pelo uso obrigatório nos ambientes de trabalho essenciais na expectativa de limitar o uso das versões descartáveis que, após o uso, entupiam oceanos e aterros do mundo todo em função do descarte inadequado.

Para chamar atenção a este novo problema ambiental, os designers Tobia Zambotti e Aleksi Saastamoinen criaram o Coat-19, uma jaqueta baiacu azul gelada feita de máscaras descartáveis ​​descartáveis, lã orgânica e laminado reciclado transparente.

The Coat-19 made from disinfected disposable facemask, pictured; designer Aleksi Saaatamoinen and Atelier founder Tobia Zambotti. LUCA RANGHETTI

Ambos estão baseados na Islândia, local onde coletaram cerca de 1.500 máscaras azul-claras das ruas da capital Reykjavík. Elas foram desinfetadas completamente com gás ozônio e enviadas para a cidade de Helsinque, onde se tornaram um enchimento para a jaqueta de balão moderna, a Coat-19, que destaca este absurdo problema ambiental relacionado à pandemia.

A maioria das máscaras descartáveis ​​disponíveis no mercado é feita com um termoplástico chamado polipropileno, que também é usado para produzir polyfill, o enchimento de acrílico mais comum para jaquetas baratas. Algumas das máscaras azul-claro foram parcialmente preenchidas com algodão orgânico para criar a silhueta fofa da vestimenta. A camada externa é um laminado semitransparente, respirável e impermeável à base de biofontes que deixam as máscaras descartáveis ​​visíveis.

The Coat-19 made from disinfected disposable facemask, pictured; designer Aleksi Saaatamoinen and Atelier founder Tobia Zambotti. LUCA RANGHETTI

Como um dos grandes impactos da Covid-19, estima-se que mais de 7,2 toneladas de resíduos hospitalares sejam descartados diariamente, grande parte formada por máscaras descartáveis.Podemos sair dessa pandemia em um ou dois anos, mas a crise climática não é algo que possamos resolver tão rapidamente. Embora a visão seja chocante, é um lembrete de que todos nós precisamos praticar a segurança de forma sustentável. A inovação dos designers é um apelo para a conscientização e para que a nossa segurança no presente não comprometa o futuro do planeta.

Fontes: Um só Planeta | Yanko Design | Forbes