Soluções para as ilhas de calor urbano

15.846 Visualizações
São Paulo
Foto: guizocchio

Ilhas de calor urbano são fenômenos climáticos que ocorrem em regiões metropolitanas, caracterizadas pela média de temperatura mais elevada do que a média de zonas rurais adjacentes. Os efeitos ligados à urbanização são associados à formação de zonas climáticas mais quentes e a cidade de São Paulo é um dos exemplos de ilha de calor urbano mais próximo de nossa realidade.

A pequena proporção de áreas verdes no perímetro urbano é uma das principais causas para o aparecimento das ilhas de calor. Materiais como o concreto e o asfalto, que revestem os prédios, ruas e avenidas da cidade também favorecem a formação desse tipo de fenômeno. Além de provocar a impermeabilização do solo, esses materiais intensificam o acúmulo de calor nos centros urbanos, o que também é causado pela poluição atmosférica proveniente de carros e indústrias. Por fim, a alta concentração de prédios em algumas regiões também interfere na circulação dos ventos, impedindo a dispersão de poluentes e a entrada de umidade no ambiente urbano.

Calor
Foto: alevieira

Em ambientes urbanos de grande irradiação solar – localizadas em latitudes tropicais ou subtropicais – com a presença de tais fenômenos é comum vivenciarmos a sensação de desconforto durante o dia, provocado principalmente pela baixa umidade e o aumento da temperatura na superfície. Nos ambientes urbanos de clima frio e de menor irradiação solar, os efeitos são sentidos principalmente à noite, com um menor decréscimo de temperatura em relação às zonas rurais ou áreas verdes.

Uma das soluções para as ilhas de calor é diminuir a emissão de poluentes atmosféricos em áreas urbanas. O plantio de árvores e a preservação de áreas verdes também são capazes de amenizar os seus efeitos. A cobertura vegetal, com capacidade natural de refletir e absorver uma parte do calor vindo da radiação solar também pode ser uma ótima alternativa.

Outras soluções para amenizar os efeitos causadores das ilhas de calor urbano envolvem a utilização de materiais de construção com menor capacidade de reter calor e métodos de construção como telhados verdes e construções que utilizem cores claras. Superfícies escuras como o asfalto absorvem mais radiação eletromagnética.

Telhado Verde
Foto: cameliatwu

A principal maneira de impedir o surgimento de ilhas de calor é, sem dúvida, o planejamento urbano adequado. Isso porque, muitos dos fatores causadores desses fenômenos ocorrem como consequência de um processo acelerado de urbanização, degradação vegetal e ocupação desordenada.