Saiba quais são os principais impactos ambientais causados pelas fontes de energia

88.342 views
A produção de energia elétrica está associada a impactos negativos como poluição atmosférica, alagamento de áreas e até acidentes nucleares.

A história da humanidade foi marcada por grandes invenções que, se não tivessem sido criadas, não permitiriam que o mundo se encontrasse na situação em que está atualmente. A descoberta do fogo, a invenção da roda e da escrita são apenas alguns exemplos, assim como a energia elétrica — que hoje é fundamental em praticamente todas as esferas da vida humana.

No entanto, como quase todas as intervenções do homem na natureza, a produção de energias causa impactos ambientais em maior ou menor grau, dependendo da fonte energética utilizada. Entenda a seguir quais são os principais impactos ambientais causados pelas fontes de energia existentes atualmente:

Principais fontes de energia e seus impactos ambientais

Energia fóssil

Este tipo de energia é produzido a partir do petróleo, carvão e gás natural, sendo que os impactos ambientais causados pelas fontes de energia baseadas em fóssil estão dentre os mais preocupantes — uma vez que além de serem as principais responsáveis pelo efeito estufa e causam poluição atmosférica devido aos gases produzidos na combustão.

Energia hidráulica

Como o nome indica, este tipo de energia é produzido por meio da força mecânica promovida pela movimentação de turbinas pela força da água. Trata-se da principal matriz energética do Brasil, uma vez que existem diversas usinas hidrelétricas instaladas nos rios que compõem a maior rede hídrica do mundo.

Apesar de não causar impactos depois de instalada, na fase da construção os impactos ambientais causados pelas fontes de energia hidráulica são significativos, uma vez que exigem alagamento de grandes áreas para a construção dos reservatórios, levando a alterações na paisagem. Em alguns casos, também causam impactos sociais, levando à remoção de comunidades ribeirinhas.

Energia nuclear

Os impactos ambientais causados pelas fontes de energia nuclear são os que mais preocupam os ambientalistas. Isso porque os resíduos produzidos pela energia nuclear são altamente contaminantes, tanto para o meio ambiente quanto para o homem, e ainda não existe nenhuma alternativa de descarte 100% segura. Além disso, as usinas nucleares estão sujeitas a acidentes como os famosos casos ocorridos em Chernobyl e, mais recentemente, em Fukushima. Descubra as principais vantagens e desvantagens da energia nuclear neste post!

Biomassa

A energia da biomassa começou a ser usada apenas recentemente, mas altamente promissora, pois os impactos ambientais das fontes de energia de biomassa não causam efeito estufa e as áreas utilizadas para a plantação de cana e lenha (as principais matérias envolvidas em sua produção) podem receber novos plantios.

Energias limpas e permanentes

Essas são as energias mais renováveis produzidas atualmente, pois são produzidas a partir da luz solar, vento, calor geotérmico e movimento das ondas — ou seja, os únicos impactos ambientais dessas fontes de energia são a alteração de paisagem e o desmatamento de pequenas áreas para a instalação de turbinas eólicas e painéis solares.

Vale ressaltar que a energia eólica, produzida a partir da força do vento, é responsável pela produção de grande parte da energia de países como a Alemanha e Espanha, o mesmo ocorre com a energia solar, chamada de fotovoltaica. No Brasil, apesar de seu grande potencial para a produção de energias limpas permanentes, as iniciativas ainda são tímidas, especialmente devido ao alto custo.

Imagem: iStock / Getty Images P / HS3RUS