Saiba quais são os benefícios da compostagem industrial

1.236 Visualizações
© Depositphotos.com / thelefty Descarte incorreto de lixo

O tratamento do lixo é um dos mais delicados problemas contemporâneos. A reciclagem tem sido a principal prática quando o assunto é diminuir a quantidade de embalagens nos lixões e aterros sanitários. Já para os resíduos orgânicos, uma prática capaz de trazer uma série de benefícios e que já vem sendo implantada de forma crescente no Brasil é a compostagem.

Recebe o nome de compostagem do processo biológico de decomposição e reciclagem de matéria orgânica contida em restos de origem animal ou vegetal, formando um composto. Assim, resíduos agrícolas, industriais e domésticos acabam por gerar uma composta que pode ser aplicada ao solo para melhorar suas características, sem provocar danos ao meio ambiente.

É possível realizar o processo de compostagem em casa, mas para que o composto orgânico atinja níveis de qualidade capazes de efetivamente atender às necessidades dos produtores agrícolas, é mais adequado que seja produzido através de usinas de compostagem, em um processo que recebe o nome de compostagem industrial.

O processo de compostagem industrial segue três passos principais: caracterizarão da matéria-prima, do material-base e o estudo dos processos de produção; análise dos compostos do ponto de vista físico (densidade real e aparente, granulometria e conteúdo total de contaminantes) e químico (micro e macronutrientes e metais pesados) e análises estatísticas para controle de qualidade e produção de formulações. Como fica claro, para atingir níveis elevados de qualidade, as usinas de compostagem devem contar com uma equipe multidisciplinar, além de uma estrutura física adequada para realizar todo o processo.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, os principais benefícios da compostagem industrial, seguido dos passos e premissas citados acima, são os seguintes:

• No processo de decomposição em compostagem ocorre somente a formação de CO2, H2O e biomassa (húmus). Por ser um processo de fermentação que ocorre na presença de oxigênio (aeróbico), permite que não ocorra a formação de CH4 (gás metano), que é altamente nocivo ao meio ambiente, muito mais agressivo (23 vezes mais) que o gás carbônico em termos de aquecimento global;

joi Compostagem.

• Redução do lixo destinado ao aterro, com a consequente economia com os custos de aterro e aumento de sua vida útil;

• Revalorização e aproveitamento agrícola da matéria orgânica;

• Reciclagem de nutrientes para o solo;

• É um processo ambientalmente seguro;

• Eliminação de patógenos devido à alta temperatura atingida no processamento;

• Economia de tratamento de efluentes.