O derretimento das geleiras da Antártida e seu impacto mundial

15.346 Visualizações
Derretimento de geleiras
Foto: wikipedia

O aquecimento global é um fenômeno que se caracteriza pela mudança climática do planeta, ou seja, o aquecimento elevado modifica o ciclo de vida terrestre. Pode ser causado de forma natural ou por ações do homem no meio ambiente. Suas consequências são muitas vezes desastrosas.

Um dos resultados deste fenômeno é o derretimento das geleiras localizadas na Groelândia, Ártico e Antártida. O mais preocupante deste derretimento é o da Antártida, que já perdeu cerca de 3 mil km² de seu território por conta do degelo.

O derretimento na Antártida é uma fatalidade, pois o gelo deste local está sobre as águas, ou seja, ao derreter o nível dos mares pode aumentar significativamente. Se todo o gelo da Antártida derretesse, os oceanos seriam elevados em cerca de 60 metros, cobrindo a região costeira de todo o mundo.

Outra consequência preocupante é a perda de espécies, principalmente marinhas. Pela diferença dos níveis de água nos mares e a modificação de temperatura, os animais que não se adaptarem às mudanças morrerão.

Estima-se que 200 milhões de pessoas sejam afetadas pelo aumento de nível dos oceanos, principalmente aquelas que vivem em áreas costeiras ou próximas a elas, pois será necessário o deslocamento destas pessoas das suas moradias para locais mais seguros, para que a água resultante do degelo não invada vilas, ou até cidades inteiras.

Cientistas, ambientalistas e estudiosos desta causa afirmam que o derretimento é um fato que merece muita atenção. Um dos fatores que também tem contribuído para o derretimento das geleiras são as correntes de ar quente que, desde 1999, vêm acelerando o processo de degelo.

Derretimento de geleiras
Foto: thecabulouso