Fenômenos climáticos: entenda a diferença entre ciclone, furação, tornado e tufão

2.242 views
Ciclone
Foto: wikipedia

Muito se especula sobre as consequências climáticas provocadas pela ação do homem no meio ambiente. Algumas delas já podem ser sentidas e, segundo afirmam grandes centros de pesquisa em todo o mundo, tendem a se intensificar nos próximos anos. Ciclones, furacões, tornados e tufões aparecem como grandes ameaças. Mas, você sabe qual é a diferença entre esses fenômenos? Conheça abaixo as principais características de cada um deles.

Ciclone

Os ciclones são perturbações atmosféricas que ocorrem em centros de baixa pressão atmosférica, espaços onde o ar quente se eleva e favorece a formação de nuvens e a consequente precipitação de chuvas, além de tempestades e ventos em alta velocidade e em formato espiral, com capacidade para causar danos em grandes territórios.

Os ciclones tropicais (que ocorrem dentro das áreas delimitadas dentro dos trópicos) podem chegar a 800 km de diâmetro, e se movem em curvas a partir da zona equatorial. Dá-se o nome de ciclone extratropical aos fenômenos que ocorrem nas outras regiões do planeta. Este segundo tipo pode atingir até 1.000 km de diâmetro.

Furacão

Segundo definição do Instituo Nacional de Pesquisas Atmosféricas (INPE), furacão é a denominação de um “ciclone tropical de núcleo quente, com ventos contínuos de 118 quilômetros por hora ou mais e que se formam no Oceano Atlântico Norte, Mar Caribenho, Golfo do México e no norte oriental do Oceano Pacífico”. Furacões e ciclones tropicais podem atingir até 1.500 km de diâmetro e ventos superiores aos 250 km/h, com grande potencial destrutivo.

Tufão

O tufão tem as mesmas características de um furacão, mas recebe este nome quando ocorre em áreas específicas: no Oceano Pacífico Norte, na região Oeste dos Estados Unidos, Japão e China.

Furacão
Foto: culturamix

Estas diferenças de denominação auxiliam os cientistas em suas pesquisas. Todos esses fenômenos podem durar semanas e são medidos através de uma escala chamada Saffir-Simpson, que vai de 1 a 5, sempre de acordo com o potencial de destruição observado.

Tornado

Os tornados são redemoinhos de vento que giram em altíssima velocidade e se formam em ambientes com a prevalência de tempestades muito fortes. Com diâmetros aproximado de 2 quilômetros, um tornado pode durar entre 1 e 10 minutos. Sua capacidade de destruição é impressionante: seus ventos podem atingir os 500 km/h. São considerados a mais destrutiva dentre as perturbações atmosféricas.