Conheça as sete maravilhas naturais do mundo

5.468 Visualizações

Em 2007, a fundação New7Wonders iniciou uma votação mundial para escolher as sete maravilhas naturais do mundo. Mais de 440 locais em 220 países foram indicados pelo público. A votação durou até julho de 2009, quando 77 lugares paradisíacos foram escolhidos para participar do New7wonders Panel of Experts.

Vinte e oito finalistas foram selecionados para a votação oficial, que durou dois anos. O resultado foi anunciado em 11 de novembro de 2011, somando mais de 1 bilhão de votos. Entre os vencedores estão dois ecossistemas brasileiros. Conheça!

Cataratas do Iguaçu – Brasil / Argentina

Uma das maiores cachoeiras do mundo, as Cataratas do Iguaçu possuem 2.700 m e 275 quedas d’água, em um formato semicircular. A “Garganta do Diabo” é a queda mais alta, com 80 m de altura. Localizada na fronteira entre o estado brasileiro do Paraná e a província argentina de Misiones, o local é cercado por dois parques nacionais de florestas subtropicais que são palco de centenas de espécies raras e ameaçadas de extinção.

© Depositphotos.com / doethion Cataratas do Iguaçu.

Halong Bay – Vietnã

Halong Bay está localizado na província de Quang Ninh, no Vietnã. A baía apresenta milhares de formações de calcário cársticos e ilhas de vários tamanhos e formas. O local mede aproximadamente 1.553 km², possuindo 1.969 ilhotas, muitas delas ocas, com enormes cavernas. As águas da baía de Halong Bay possuem 200 espécies de peixes e 450 tipos diferentes de moluscos.

wikipedia Baía de Ha Long.

Ilha JeJu – Coreia do Sul

Jeju é uma ilha vulcânica que fica a 130 km da costa sul da Coreia. É a maior ilha e menor província da Coreia, com uma superfície de 1.846 km². A característica central do Jeju é Hallasan, a montanha mais alta da Coréia do Sul, onde se localiza um vulcão adormecido a 1.950 m acima do nível do mar, com mais 360 vulcões satélites ao entorno.

© Depositphotos.com / dinhhang Ilha JeJu.

Komodo – Indonésia

O Parque Nacional de Komodo, na Indonésia, inclui as três maiores ilhas de Komodo, Rinca e Padar, bem como numerosas ilhas menores, em uma área total de 1.817 km². O parque nacional foi fundado em 1980 para proteger o dragão de Komodo. Mais tarde, também foi dedicado a proteger outras espécies, incluindo animais marinhos. As ilhas do Parque Nacional são de origem vulcânica.

© Depositphotos.com / aleskolodej. Ilha de Komodo.

Parque Nacional do Rio Subterrâneo Puerto Princesa – Filipinas

Localiza-se a cerca de 50 km ao norte da cidade de Puerto Princesa, em Palawan, Filipinas. O parque possui uma paisagem de montanha de calcário cárstico combinado a um rio subterrâneo navegável. O rio atravessa uma caverna que flui diretamente para o Mar do Sul da China, inclui grandes formações de estalactites e estalagmites e tem a fama de ser o mais longo do mundo. Uma variedade de animais ameaçados pode ser encontrada no parque, incluindo o faisão, o Batwing Fox, lontra Aonyx cinerea, pequenos pandas, o Civet e texugos.

wikitravel Parque Nacional do Rio Subterrâneo Puerto Princesa.

Montanha da Mesa – África do Sul

A Table Mountain é um ícone Sul-Africano e a única área natural do planeta a ter uma constelação de estrelas em homenagem a ela. A montanha de topo achatado resistiu seis milhões anos de erosão e abriga o mais rico reino floral na Terra, com mais de 1.470 espécies. A montanha é o local mais conhecido na Cidade do Cabo, a porta de entrada para a África, devido aos seus picos de topo achatado únicos que chegam a 1.086 m acima do nível do mar.

© Depositphotos.com / felker Table Mountain.

Amazônia – Brasil / Peru

A floresta amazônica é a maior floresta tropical do mundo, com cerca de seis milhões de km² divididos entre oito países, com sua maior parte localizada no Brasil e no Peru. Na Amazônia se encontra uma das maiores biodiversidades do mundo. Além disso, a floresta abriga centenas de povos indígenas com grupos linguísticos diferentes.

cifor Floresta Amazônica