Angola é escolhida sede das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente

503 views
iStock.com / danielle mussman Governo angolano tem lutado pela conservação da população de elefantes locais.

Neste domingo, dia 5, comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente, data que marca a importância das ações realizadas em todo o mundo em prol da natureza. Como ocorre todos os anos, um país é escolhido para receber a festa de confraternização, e, depois da decisão do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) em dezembro de 2015, a Angola foi eleita como a sede para as comemorações deste ano.

Em 2016, as comemorações terão como tema a luta contra o comércio ilegal de animais silvestres. Por conta disto, a conquista dos africanos foi marcada pela série de ações tomadas pelo governo angolano na luta pela conservação da população de elefantes locais.

Importante lembrar que o país passou por um momento negativo em sua história, quando muitos animais da espécie acabaram dizimados durante a guerra civil que durou décadas (iniciada em 1975). Para se ter uma ideia, de acordo com a ministra do Meio Ambiente angolana, Maria de Fátima Jardim, o continente africano registra atualmente um total de 500 mil elefantes em seu território, após sofrer com a morte indiscriminada de cerca de 120 mil animais no período entre 2010 e 2013.

“O comércio ilegal de animais silvestres, especialmente o comércio de marfim e chifre do rinoceronte, é um grande problema no nosso continente. Ao sediar este dia de celebração e sensibilização, pretendemos enviar uma mensagem clara de que tais práticas serão, em breve, erradicadas.”, disse a ministra.

Nesses primeiros meses do ano, a Angola tem se mostrado mais do que merecedora da honra, promovendo diversas atitudes significativas em prol da causa. Entre os principais atos, está a adesão à iniciativa africana de proteção aos elefantes, combate ao tráfico dos animais, além de acolher outros importantes eventos como o Salão Internacional da Biodiversidade e Ecoturismo.

Com o lema “A Luta contra o Comércio Ilegal da Fauna e da Flora Selvagens”, o país prepara uma grande festa neste final de semana para celebrar os avanços em sua luta e comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente.