Agricultura sustentável brasileira

12.661 views
Agricultura Sustentável
Foto: walmartcorporate

Agricultura sustentável basicamente consiste em produzir mais e melhor, usando os recursos de forma consciente e preservando a capacidade produtiva de maneira que garanta a continuidade dessa produção futuramente.

Com o aumento da população cresce a necessidade de consumo alimentício, por isso a nova agricultura precisa de técnicas de produção sustentáveis que gerem lucros aos produtores, alimentos de qualidade para os consumidores e visando o respeito à natureza, garantindo a curto e a longo prazo a continuidade de produção sem a degradação do solo, do ar ou dos recursos hídricos.

A agricultura ecológica deve equilibrar fatores econômicos, sociais e ecológicos, desenvolvendo o potencial regional, gerando melhor distribuição de renda, utilizando fertilizantes naturais em substituição aos insumos químicos, conservando os nutrientes presentes no solo por meio do cultivo rotativo e otimizando a produção através de pesquisas tecnológicas avançadas que garantam prosperidade e eficiência às lavouras, reduzindo o desmatamento.

O uso indiscriminado das técnicas agrícolas tradicionais como a monocultura, que empobrece o solo; a aplicação de fertilizantes e pesticidas, que contaminam o solo, os rios e até os próprios alimentos; os desmatamentos e queimadas podem causar sérios danos ao meio ambiente e a saúde humana.

O uso consciente dos recursos naturais pela agricultura deixa de ser uma opção e passa a ser uma necessidade.

Viabilidade Econômica da Agricultura Sustentável

Alimento Orgânico
Foto: wallyg

Aliando técnicas de melhoria e conservação do solo com o uso de insumos naturais e uso consciente da água, os produtores garantem a redução de custos e produtos de qualidade que atraem o consumidor.

A procura do consumidor por produtos de qualidade gerados pela agricultura alternativa tem rendido bons resultados econômicos, já que o aumento nas vendas significa maior lucro para o produtor.

Além dos fatores comerciais, a agricultura sustentável apresenta outros benefícios econômicos para o produtor, como o uso de menor espaço na produção, a utilização de insumos naturais com menor custo e implantação de sementes produzidas para serem usadas em sistemas de baixo custo que exigem menos fertilização e diminuem significativamente o uso de pesticidas.

A agricultura sustentável beneficia também os pequenos produtores e a agricultura familiar que tende a ser incentivada e mais valorizada diante dessa nova visão produtiva.

Benefícios da Agricultura Ecológica

Alimento Orgânico
Foto: sraproject

Os alimentos produzidos através da agricultura consciente geram inúmeros benefícios à sociedade que pode usufruir de produtos livres de agrotóxicos ou com menor incidência deles.

Isso significa alimentos orgânicos e saudáveis que não oferecem o risco de doenças e contaminações, sem contar que os produtores rurais não se expõem aos produtos químicos durante o cultivo da lavoura.

As técnicas de agricultura sustentável geram mais empregos, já que necessitam de mais mão de obra, ou seja, geração de renda para as famílias do campo.

A sustentabilidade na agricultura depende do uso consciente da terra, do ar e da água para produzir com qualidade e garantir o abastecimento da população com alimentos, fibras, energia… Além de manter essa produção ativa para as futuras gerações e permitir a existência contínua da biodiversidade.

O Brasil e a Agricultura Sustentável

Agricultura Sustentável
Foto: walmartcorporate

Segundo a EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária –, a agricultura brasileira tem avançado de forma segura rumo à sustentabilidade ao longo das últimas décadas. O país tem feito o uso de alternativas de produção sustentável como Agricultura Orgânica, a Produção Integrada Agropecuária, a Produção Agroflorestal e a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF).

O Brasil é o quarto maior produtor orgânico do mundo. Embora não produza em grande escala, sua produção tem aumentado cerca de 20% ao ano segundo dados da EMBRAPA.

Contraditoriamente, avançam também as monoculturas de soja e cana-de-açúcar para a produção dos combustíveis renováveis, o que reduz o consumo de derivados fósseis, mas por outro lado empobrece o solo.

Cooperativas de Agricultura Sustentável

A união dos trabalhadores rurais em cooperativas agrícolas traz múltiplos benefícios para a agricultura familiar, pois, padroniza, melhora e expande a produção, aumentando também a renda média de cada família.

Programas de apoio às cooperativas que atuam oferecendo assistência técnica, qualificação dos produtores e subsídios financeiros. Em contrapartida os integrantes da cooperativa se comprometem a enviar os filhos para a escola e acabar com o trabalho infantil. Melhorando a qualidade de vida da população rural.