Votação entre moradores define local que abrigará a construção de Bento Rodrigues (MG)

418 views
Mineradora tem até 2019 para concluir as obras no local.

Foi definido neste último sábado, 07 de maio, pelos antigos moradores da vila de Bento Rodrigues (MG), a área que abrigará o novo distrito de Mariana, devastada pelo rompimento das barragens de Fundão. A Lavoura, como é conhecido o terreno e que fica a 8 km de distância da antiga região, é propriedade da siderúrgica ArcellorMittal e conta com uma extensão de aproximadamente 89 hectares.

De acordo com Alexandre Pimenta, líder de reconstrução das comunidades e representante da Samarco, cerca de 230 famílias compõem a população da antiga vila. Todas elas estão integradas ao projeto da “nova Bento Rodrigues”, que conta também com a construção de outros imóveis como escolas, igrejas, postos de saúde, entre outros.

A mineradora Samarco, que fará a compra do terreno nos próximos dias, tem até março de 2019 para concluir 100% das obras, prazo acordado entre a empresa, suas controladoras (BHP Billinton e Vale), o governo federal e Estados. Segundo os avaliadores, a tragédia custará um total de R$ 20 bilhões entre investimentos para recuperação socioeconômica e ambiental.

Na reunião que oficializou a escolha do novo local para construção de Bento Rodrigues levou em conta critérios como disponibilidade de água, qualidade do solo para plantio e criação de animais. Outras duas áreas também participaram da votação: Bicas, área mais afastada, e Carabina, de propriedade de pessoa física. Entretanto, a Lavoura foi preferida por 92% dos participantes (206 votos).