Usinas térmicas geram gastos de até R$ 10 bilhões no primeiro trimestre de 2014

906 views
gara Usina de Energia.

As usinas térmicas têm sido acionadas ainda mais durante os recentes períodos de calor e pouca chuva, isto é, condições climáticas que provocam quedas expressivas nos níveis dos reservatórios das hidrelétricas. Desta forma, segundo uma reportagem publicada pelo Valor Econômico, o funcionamento das instalações movidas a derivados do petróleo deve acarretar custos adicionais de aproximadamente R$ 10 bilhões apenas no primeiro trimestre de 2014.

Conforme uma fonte ligada às distribuidoras de energia, em entrevista para o jornal, as usinas geraram despesas de R$ 4 bilhões às companhias apenas em março. Classificado pelo periódico como “rombo financeiro”, o gasto chegou a R$ 4,2 bilhões em fevereiro e R$ 1,8 bilhão em janeiro. Além disso, a diferença entre as despesas do primeiro mês do ano e dos seguintes deve-se ao alto preço da energia no mercado livre após o início de 2014, mantido no valor máximo, referente ao megawatt-hora, de R$ 822,83.

Considerando a redução de capacidade das hidrelétricas em decorrência do clima seco, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) autorizou que as termelétricas, que funcionam por meio de óleo, gás, carvão e biomassa, ampliassem o volume de energia produzida. Posteriormente, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o socorro às hidrelétricas terá impacto no bolso dos consumidores, projetando reajustes de até 10% na conta de luz.

Entre vantagens e desvantagens, a energia térmica possibilita uma rápida construção de usinas em áreas próximas de regiões de consumo, porém, sua operação demanda a queima de carvão, ou seja, a utilização de recurso não renovável e a emissão de substâncias poluentes à atmosfera. Sendo assim, o processo de combustão requerido pelas estruturas ocasiona a disseminação de Gases de Efeito Estufa (GEE), assim como o lançamento de toxinas no ar.

Portanto, além de ser praticamente inviável em termos financeiros, a produção de energia térmica também prejudica a qualidade de vida humana, uma vez que a poluição atmosférica foi responsável pela morte de 7 milhões de pessoas no mundo inteiro em 2012, de acordo com informações do relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

geografia.uol Usina termoelétrica.