Primeiro Poupatempo Ambiental será implantado em Botucatu

528 views
Botucatu
Local onde serão instaladas a agência da Cetesb, o Instituto Florestal e a Fundação Florestal.
Foto: eugeni_dodonov

A cidade de Botucatu, localizada a 243 km da capital paulista, vai abrigar a primeira unidade do Poupatempo Ambiental. O posto será instalado no Parque Municipal Joaquim Amaral Armando de Barros, que passa por processo de revitalização. O intuito do posto será unir em um só local a Fundação Florestal, Agência Ambiental da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), Secretaria do Meio Ambiente, Polícia Ambiental, Instituto Florestal e Guarda Civil Ambiental. A previsão de início da obra é em fevereiro de 2014.

Um dos principais objetivos do Poupatempo Ambiental será facilitar os serviços de licenciamento sobre questões relacionadas à natureza, integrar as unidades de fiscalização e deixar um canal de comunicação mais ágil para a população denunciar crimes ambientais.

“Um só local concentra todo o atendimento de meio ambiente. Ganha tempo e facilita a vida dos agricultores, industriais e empreendedores, incentivando o turismo na região sem burocracia”, afirmou o governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin. O Poupatempo Ambiental foi autorizado por Alckmin, Bruno Covas, Secretário Estadual de Meio Ambiente, e João Cury, prefeito da cidade. Para a implantação do projeto, o investimento será de cerca de R$ 1,3 milhão.