Brasil vai usar energia solar em metrô do DF

478 views
Reprodução / Facebook País será o quanto do mundo a apostar neste tipo de projeto.

Todo mundo sabe que o Brasil é um país predominantemente quente e que o sol forte é presença certa ao longo do dia. Todavia, o país também é conhecido por não explorar bem esta fonte natural de energia. Mas este cenário começa a mudar aos poucos…

No Distrito Federal, a estação de metrô Guariroba (em construção) será alimentada por energia solar, pelo menos é este o projeto inicial que está em desenvolvimento na Companhia Metropolitana de Brasília. Se sair do papel, o Brasil será o primeiro país de toda a América Latina, e somente o quarto no mundo, a ter uma estação de metrô funcionando graças à energia solar.

Localizada em Ceilândia, a futura estação sustentável contará com um grande sistema de placas fotovoltaicas e baterias de grande qualidade para manter o espaço em funcionamento. O objetivo é que a própria estação gere energia elétrica para uso ao longo do dia, economizando no orçamento mensal e valorizando uma política ambiental mais correta.

“A nossa ideia é expandir. Nós temos 17 estações nas quais podemos utilizar a energia solar. A conta de energia do metrô é muito alta, queremos economizar. Também queremos mostrar que é possível economizar de forma sustentável”, complementa Marcelo Dourado, presidente do Metrô do Distrito Federal à Agência CNT de Notícias. Este projeto será testado, incialmente, durante três meses e terá início em setembro de 2015.

O presidente do metrô da capital federal também espera que a iniciativa funcione como um bom exemplo para outros órgãos públicos e privados de Brasília e em todo o país. “Essa tecnologia pode ser utilizada no setor público e privado, inclusive em casas. Hoje, a captação de energia solar por meio de placas fotovoltaicas é uma realidade em diversos países do mundo. E temos muito potencial para aplicar aqui”, finaliza Dourado.

Segundo a Companhia Metropolitana de Brasília, a expectativa de economia é de R$ 15 mil mensais em cada estação que utilize a luz do sol como fonte de energia. Vale ressaltar que este projeto é fruto de uma parceria entre o metrô do Distrito Federal e uma empresa da China especializada em energia solar.

Ao redor do mundo, o modelo do metrô sustentável é utilizado também em Nova Délhi (Índia), Nova Iorque (EUA) e Milão (Itália).