Como fazer hidroponia em casa de forma simples

818 Visualizações
Fonte: Flickr A hidroponia é uma técnica que proporciona redução no uso de inseticidas e facilidade de cultivo.

Utilizado pela primeira vez em 1935, por um especialista da Universidade da Califórnia, o termo hidroponia refere-se ao cultivo de uma planta sem solo. Apesar de parecer improvável, a técnica é bastante conhecida e utilizada no mercado em geral.

Para o cultivo por meio da hidroponia, o solo é substituído por uma alternativa inorgânica, que pode ser lã de rocha, uma solução líquida que contém água e todos os nutrientes essenciais para a planta se desenvolver, pumicita, areia, entre outros. Dentre as vantagens, estão a produção de plantas com melhor qualidade, redução no uso de inseticidas e facilidade de cultivo em qualquer lugar, inclusive dentro de um ambiente doméstico.

Fonte: Flickr
 

Existem várias alternativas de plantio de plantas sob o sistema hidropônico, sendo possível colocar no jardim, numa estufa pequena ou até em uma sacada. Para um cultivo simples e caseiro, confira as dicas abaixo.

Você vai precisar de:

1 mais tubos de PVC de 75 mm

2 tampas para cada tubo

2 mangueiras de 20 mm (uma para cada tubo)

Bomba de água com vazão de 100 L/h

Temporizador/timer para a bomba de água

Recipiente para reservatório de água

Copo de plástico

Solução nutritiva

Materiais de enchimento, como terra, argila expandida, espuma, pedras, entre outros

Passo a passo

Abra pequenos orifícios no tubo de PVC – eles devem estar alinhados e com uma distância de 15 cm entre si. Prenda o tubo à parede ou fixe-o em uma estrutura instalada no chão, de modo que haja um pequeno desnível entre os tubos para que a água circule. Tampe as extremidades dos tubos com a respetiva tampa.

Após esse processo, coloque a bomba no reservatório de água e conecte a ela a mangueira, que servirá como tubulação de transporte da solução nutritiva das plantas. Em seguida, abra um orifício na tampa dos tubos para introduzir nela a outra ponta da mangueira. Ligue também o temporizador para controlar a frequência com que o fluido irá circular.

Pegue a outra extremidade do tubo de PVC, que deverá estar mais abaixo que a anterior, coloque uma segunda mangueira. Essa mangueira irá conduzir a solução novamente até ao reservatório.

Coloque, então, as plantas nos orifícios do tubo! Elas já deverão estar parcialmente desenvolvidas, ou seja, com raízes e algumas folhas, e devem ser inseridas em um recipiente que encaixe bem no orifício, como um copo de plástico esburacado. De forma a que se mantenham direitas, envolva-as em espuma, algodão ou coloque terra no copo.

Coloque a solução nutritiva no recipiente e ligue a bomba de água para que o seu sistema comece a funcionar. Essa solução pode variar de acordo com o tipo de planta que deve ser cultivada. Após todo esse processo, basta esperar que as plantas se desenvolvam.