Voluntariado: uma prática que traz benefícios sociais e amplia a autoconfiança

241 views

Uma pesquisa realizada pela InterCement apontou os benefícios da iniciativa

A empresa InterCement realizou uma pesquisa com mais de 1.500 funcionários de cargos gerenciais e operacionais e identificou que o trabalho voluntário traz benefícios como maior engajamento e confiança.

A pesquisa, intitulada “Impacto e o valor do voluntariado corporativo: aprendendo com o Programa de Voluntariado da InterCement”, foi desenvolvida pela pesquisadora Frances Hansford, Phd da Oxford University.

A empresa, há quase uma década implementa ações de voluntariado por meio do Instituto InterCement. São projetos mobilizantes e de impacto social para desenvolver as comunidades em nove estados brasileiros e outros quatro países (África do Sul, Argentina, Egito e Moçambique onde está presente). No mundo, a companhia mobilizou 37% dos mais de 6.000 funcionários em 2019.

Números

Com a pesquisa, a empresa descobriu que 90% dos entrevistados disseram que sua autoconfiança havia melhorado com o trabalho voluntário. Além disso, para 75%, a saúde mental também apresentou melhoras como menos ansiedade, depressão e/ou estresse.

87% dos respondentes da pesquisa afirmaram que desenvolveram tanto competências técnicas – planejamento, gerenciamento de pessoas, recursos e tempo, gerenciamento de projetos, e levantamento de fundos – quanto habilidades comportamentais – liderança, comunicação, networking, capacidade de motivar outras pessoas, resolução de problemas e trabalho em equipe. 89% indicaram que se relacionam melhor com os colegas de trabalho e 85% disseram que o programa lhes deu a oportunidade de dar exemplos de valores importantes para seus filhos.

Benefícios

A evidência dos benefícios do trabalho voluntário pode ser encontrada também em um estudo da Carnegie Mellon University, publicado na Psychology and Aging. O documento mostra que adultos com mais de 50 anos que realizavam trabalho voluntário regularmente eram menos propensos a desenvolver pressão alta do que os que não eram voluntários. A pressão arterial elevada é um indicador importante de saúde porque contribui para doenças cardíacas, derrame e morte prematura.

Não é tão fácil para os pesquisadores provarem que o voluntariado é o principal responsável pelos baixos índices de pressão arterial. Pessoas que são voluntárias podem ser mais propensas a fazer outras coisas, como ter uma dieta saudável ou praticar exercícios regularmente – ações que ajudam a reduzir a pressão arterial. No entanto, de qualquer forma, os resultados vão ao encontro de outras constatações sobre o tema.

Como acontece com qualquer atividade pensada para melhorar a saúde, os pesquisadores estão tentando identificar as características específicas do voluntariado que proporcionam o maior benefício.

Neste estudo Carnegie Mellon, 200 horas de voluntariado por ano se correlacionaram com a redução da pressão arterial. Já outros estudos descobriram um benefício para a saúde com apenas 100 horas de voluntariado no ano.