Plano Diretor prevê ampliação da malha cicloviária da Grande Recife até 2022

340 views
Ciclovia em Recife
Foto: diariodepernambuco

Ampliar a extensão atual de 67,4 km da rede cicloviária construindo mais 590 km de ciclofaixas, ciclorrotas e ciclovias na Grande Recife. Este é o objetivo do Plano Diretor Cicloviário da Região Metropolitana do Recife até 2022, anunciado em fevereiro. Além disso, o planejamento elaborado por 14 municípios do estado e prefeitura, estimado no valor de R$ 354 milhões, prevê a instalação de 60 bicicletários no Centro de Convenções Olinda, dispondo de um total de 19 mil vagas.

Durante a cerimônia de entrega do plano, Eduardo Campos, governador do estado, ainda falou da carga tributária da bicicleta no Brasil, ressaltando seu alto IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e por isso tomou a decisão de isentar os usuários do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) de pagarem a taxa no programa de compartilhamento de bikes. Outra medida que beneficia os ciclistas é a proposta de aumento no tempo de uso das bicicletas do programa, o qual pode chegar a uma hora sem pagar tributos.

Para elaborar o plano o governo investiu R$ 637 mil em pesquisa específica sobre mobilidade e aplicou 2.804 formulários em 74 pontos da Grande Recife para saber as necessidades dos cidadãos em relação à estrutura para a circulação de bicicletas. Segundo os apontamentos, 58% da população afirmou que usa as bikes como principal meio de transporte para ir ao trabalho, dado importante, já que a maioria dos entrevistados, 77%, trabalha. Os estudantes representam 13% e ocupam o segundo lugar entre os usuários. O relatório ainda apontou que as viagens com esse meio de transporte ocorrem com maior frequência entre as 07h e 08h e das 17h às 18h.

A prioridade da construção do estacionamento de bicicletas foi ressaltada por Danilo Cabral, secretário das Cidades. “O que nos chamou a atenção é que 76% dos ciclistas disseram que não fazem integração com outro sistema de transporte. Por isso, a necessidade de implantação dos bicicletários”.

Ciclovia em Recife
Foto: jconlineblogs

A construção do complexo cicloviário terá investimento de 53% do valor total liberados do cofre estadual e 47% da gestão municipal. Segundo Geraldo Julio, prefeito de Recife, durante o evento, o uso da bicicleta como meio de transporte é um anseio da população. “Estamos enfrentando um modelo que o país adotou e vem incentivando, que é o carro como único meio de transporte. Ainda este mês, vamos fechar vias para carros e transformá-las em vias de pedestres. Ao todo, 12 rotas no Recife serão integradas a esse novo plano”, afirmou.