Cidade permite que você chegue a qualquer lugar em 10 minutos sem carro

734 Visualizações
Reprodução Separada por setores, a cidade literalmente se movimenta, reduzindo as distâncias.

Você acorda, toma café da manhã, se despede da família, entra no carro ou vai até o metrô/ponto de ônibus e pronto… Começa o sofrimento de quem vive em grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. O trânsito caótico que pode consumir três, quatro ou tantas horas mais do seu dia não perdoa e desgasta muito cada indivíduo que precisa se locomover para trabalhar, estudar ou mesmo passear pelo município onde mora. Agora pense: não seria ideal morar em uma cidade onde você possa chegar a qualquer lugar em apenas 10 minutos?

Sim, sim… Ainda (infelizmente) não existe nenhum município de grande porte que ofereça tal facilidade para seus moradores, mas um grupo de pessoas resolveu imaginar como seria uma cidade assim, que funcionasse como um relógio e não “roubasse” o precioso tempo que possuímos no dia a dia. Intitulado “Clockwork City” (algo como “cidade mecanizada” ou “cidade mecânica”), o projeto é na verdade uma animação de uma cidade que só existe na teoria e que funciona como um mecanismo giratório que desloca áreas da cidade simultaneamente, aproximando assim distâncias e encurtando o tempo de deslocamento.

Tudo isso, sem a necessidade de carros, ônibus, metrô, motos etc.

Como funciona a cidade onde não se perde tempo?

Criada por Roy Prol, a cidade imaginária e sonhada por milhões de paulistas e cariocas funciona em uma divisão de setores e anéis, uns maiores e outros menores, sendo o menor anel localizado no centro e comportando escritórios e serviços do município. Já o segundo anel (do centro para as extremidades) é um pouco maior do que o anterior e comporta as residências. No terceiro anel fica o setor industrial e no último anel, áreas específicas para energia e agricultura.

Confira a animação e tente imaginar viver na cidade que permite que você chegue a qualquer lugar em 10 minutos.