Revista científica alerta que primatas podem desaparecer em 50 anos

512 views
© Depositphotos.com / chenws Os habitats dos primatas vêm sendo destruídos, o que aumenta o risco de extinção.

Ano após ano, uma série de relatórios são lançados por centros de pesquisa de todos os lugares do mundo, fazendo o levantamento de espécies animais e apontando dados sobre suas respectivas populações.

Na última edição da revista Sciences Advances, uma análise feita sobre os primatas chamou atenção dos especialistas e alertou para os perigos de extinção em massa que o animal tem enfrentado. Isto porque os primatas podem desaparecer completamente do planeta em até 50 anos se o panorama atual não for radicalmente alterado.

De acordo com o estudo, existem cerca de 504 espécies primatas em todo o mundo, sendo que 378 delas estão em fase de declínio, enquanto mais de 300 estão sob ameaça real de extinção.

Para explicar o preocupante número levantando, os pesquisadores afirmam que a intervenção humana, além da destruição de habitats naturais, são alguns dos principais fatores causadores da atual situação.

A pesquisa destaca, sobretudo, os perigos de extinção no continente africano, onde estão concentrados em maior quantidade e apresentam números mais impactantes. No total são 90 países que contam com espécies de primatas em seus territórios, sendo Brasil, Madagascar, Indonésia e República do Congo responsáveis por ¾ da população global.

Para acompanhar a análise completa, acesse o link da revista.