Home > Meio Ambiente > Apenas 10% dos países mais ricos são responsáveis por 50% das emissões de carbono no planeta

Apenas 10% dos países mais ricos são responsáveis por 50% das emissões de carbono no planeta

Segundo relatório da Oxfam, países desenvolvidos são os principais responsáveis pela mudança climática

4 de dezembro de 2015
publicado por
Redação

iStockphoto.com / chuyu Dados constam em relatório da Oxfam, divulgado durante a COP21.

De acordo com relatório da organização não governamental britânica Oxfam, divulgado durante a 21ª Conferência das Partes (COP21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), em Paris, o grupo dos 10% mais ricos da população mundial é responsável por cerca de 50% dos gases poluentes lançados na atmosfera.

Para a organização, o documento contribui para “desmontar o mito de que os moradores de países com um rápido desenvolvimento são os principais responsáveis pela mudança climática“, já que, segundo o relatório, as 3,5 bilhões de pessoas mais pobres do mundo geram apenas 10% das emissões totais de carbono.

O estudo analisa as formas de consumo individual e afirma que uma pessoa que faz parte do 1% da população mais rica do mundo gera, em média, 175 vezes mais poluentes do que a que está entre os 10% mais pobres do mundo.

“Embora as emissões aumentem rapidamente nos países em desenvolvimento, grande parte delas se deriva da produção de bens que serão consumidos em outros. Isso significa que as emissões associadas aos hábitos de consumo nesses países são muito menores do que as de seus colegas nos desenvolvidos”, informou o relatório intitulado “Desigualdades Extremas e Emissões de CO2″.

De acordo com a Oxfam, a China é o país mais poluidor do mundo, seguido dos Estados Unidos e Índia. Esta última deve alcançar o segundo lugar desta classificação até 2030.