Sustentabilidade empresarial: benefícios para a sociedade

Mikko Lemola / iStock / Getty Images Plus A sustentabilidade empresarial visa desenvolver melhores práticas ambientais de forma a preservar o meio ambiente.

A sustentabilidade no meio empresarial vem alcançando cada vez mais espaço, especialmente por conta das mudanças na legislação e do surgimento de códigos voluntários de conduta ambiental estabelecidos pelos setores industriais. Vale ressaltar que a pressão por parte da sociedade também impulsiona as organizações a serem mais cuidadosas com o meio ambiente, e é nítido que os consumidores estão cada vez mais antenados com as empresas comprometidas com a questão.

Existem aspectos relevantes e comuns quanto às características das organizações sustentáveis, são eles:

  • Transparência nas ações;
  • Capacidade estratégica com visão integrada à sustentabilidade;
  • Inovação em sustentabilidade.

A sustentabilidade configura o conjunto de ações realizadas pelas organizações na busca do lucro sem prejudicar o meio ambiente, ou seja, as empresas passam a não se preocupar apenas com os ganhos econômicos, mas também com o respeito ao planeta e a sociedade como um todo, buscando sempre as melhores práticas e o envolvimento de todos da cadeia produtiva: fornecedores, transportadoras, clientes e etc.

Muitas organizações estão criando projetos com o intuito de engajar seus clientes nas melhores práticas ambientais, deixando de lado o modo individualista, pensando no coletivo e otimizando a utilização dos recursos naturais que se tornam cada vez mais escassos.

Tornar-se sustentável na maioria das vezes envolve custos, mas os ganhos para a sociedade e para o negócio também são elevados. Neste contexto, é fundamental que as organizações tracem um plano que considere o objetivo a ser atingido, sempre com coerência e principalmente com indicadores de acompanhamento e mensuração, de modo que consigam demonstrar os resultados, custos e o impacto do projeto.

É importante destacar que a estratégia de sustentabilidade deve estar fortemente atrelada às estratégias de negócio. Assim, o projeto trilhará um conceito de unidade e de ações integradas, assegurando o sucesso do negócio com ações que contribuam para a preservação do planeta.

Ser uma empresa sustentável não é um tema apenas para as grandes e médias organizações. As micro e pequenas empresas também têm a sua responsabilidade perante o meio ambiente, e ações simples podem garantir um ganho para a sociedade, veja abaixo atitudes simples para empresas de pequeno porte:

  • Descarte correto do lixo: uma atitude simplória que beneficia ao meio ambiente e a indústria de separação de lixo;
  • Utilização de produtos biodegradáveis: causam menos danos ao ecossistema, pois devido a sua decomposição mais rápida na natureza;
  • Uso consciente de papel: aumento da política de versões digitais junto aos colaboradores;
  • Redução de descartáveis: utilização de garrafas ou canecas que podem ser lavados.

Envolver os colaboradores é fundamental, independentemente do tamanho da organização. É também uma forma positiva de criação de valor, pois propicia uma consciência ambiental e muitas pessoas têm satisfação em trabalhar em empresas que possuam politicas ambientais.

A sustentabilidade não pode ser utilizada apenas como marketing pelas empresas, as ações devem focar nos resultados e benefícios que serão gerados ao meio ambiente e a sociedade.

Deixe aqui seu comentário. Conhece alguma empresa ou projeto de sustentabilidade empresarial que vale destacar?

Adalton França de Oliveira

Pós-graduado em Economia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e em Gestão de Negócios pelo Centro Universitário SENAC, Graduado em Administração pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Atua na área de Desenvolvimento de Negócios da TecBan, empresa proprietária da rede Banco24Horas. Além disso, é membro da ABRACEM e da ABRAES, e possui experiência como professor e conteudista de cursos voltados a Gestão e Administração.