Periferia de São Paulo ganha escola 100% sustentável

166 views

Prédio foi construído com a ajuda de voluntários, que usaram mais de 2,5 milhões de embalagens plásticas e caixas longa vida recicladas

Dizem que ‘a união faz a força’ e este ditado coube muito bem para uma iniciativa da Organização Não Governamental Mangalô, que encabeçou a construção de uma escola totalmente sustentável em um complexo da periferia da Zona Leste de São Paulo.

Com a ajuda de 600 voluntários, mais de 2,5 milhões de embalagens plásticas e longa vida foram usadas para a construção do prédio – desde a fundação até o teto, em tudo houve o aproveitamento de materiais recicláveis, obtidos a partir da doação de empresas e de pessoas físicas.

A Mangalô Montessori School tem capacidade para receber 100 crianças que terão acesso ao sistema educacional montessoriano, o mesmo utilizado nos países que estão no topo do ranking de desenvolvimento educacional e humano. Tudo acessível para famílias de baixa renda. Além disso, a escola terá ensino bilíngue, nos idiomas português e inglês.

A escola receberá estudantes bolsistas ou pagantes de mensalidades sociais, com valores de R$150 a R$550, estipulado de acordo com a renda familiar. As aulas estão previstas para iniciar em 2021 e as matrículas se abrem a partir deste mês de novembro.

A ONG também oferece cursos em sua plataforma online, onde transmite ensinamentos sobre os três principais pilares no método Montessori: o educador, o ambiente e a criança, em sua segunda fase de desenvolvimento, ou seja, dos 6 aos 12 anos.

Método Montessori

Este método de ensino, desenvolvido pela médica italiana Maria Montessori (1870-1952), enfatiza a independência das crianças, além disso, se caracteriza por proporcionar um ambiente organizado, de aparência agradável e simples, onde cada elemento existe por uma razão a fim de ajudar no desenvolvimento da criança.

Dra Maria Montessori desenvolveu suas teorias no início dos anos de 1900 por meio de experimentação científica com seus alunos. Desde então, o método foi (e continua sendo) adotado em muitas partes do mundo e em escolas públicas e privadas.

Uma sala de aula Montessori pode integrar crianças de diferentes idades, com o intuito de promover a socialização, o respeito e a solidariedade entre eles naturalmente.

Fotos: Divulgação/Mangalô