Escassez de água pode provocar guerra na região Ásia-pacífico

1.251 Visualizações
Falta de água
Foto: mantasidhu

A falta de água assola toda a sociedade em torno do planeta. Mas dessa vez quem discorreu sobre este assunto foram as autoridades dos países asiáticos, depois de perceberem a escassez deste recurso na região e a necessidade de alimentar a população em crescimento.

O problema na região é grave a ponto da primeira-ministra tailandesa, Yingluck Shinawatra, enfatizar uma possível guerra por água durante uma reunião realizada em Chiang Mai, cidade tailandesa, para discutir sobre este assunto.

Mudanças Climáticas
Foto por: Global Water Partnership

As mudanças climáticas, a urbanização acelerada e a crescente demanda das lavouras aumentam a procura pela água cada vez mais escassa, enquanto a maioria das pessoas da região não tem acesso à água potável, apesar do forte crescimento econômico registrado nos últimos anos. A dificuldade da região Centro e Sudeste Asiático em obter água provoca a preocupação do Camboja e Vietnam que também dependem do rio Mekong para abastecer a população.

Uma alternativa encontrada pelas autoridades é a construção de uma represa às margens do rio Mekong que poderá passar por áreas pertencentes à China, Laos, Camboja e Tailândia. Mas líderes de alguns destes países não vem futuro neste projeto que poderia causar impacto na indústria de pesca e agricultura.

Outra opção é a criação de um grupo de trabalho para a prevenção de acidentes naturais. A “Declaração de Chiang Mai” apoiada pelos líderes dos países asiáticos prevê o compartilhamento de técnicas de gestão e destaca o planejamento de recursos hídricos como um ponto principal para efetuar as melhorias na região.