Alemão transforma catamarã em coworking que promove viagens pelo oceano

495 views
Divulgação – Coboat Crew Coworking em alto mar promove também discussões para encontrar novas formas de preservar o planeta.

O escritório de trabalho se não é um dos ambientes menos apreciados pelas pessoas, certamente não é o lugar mais confortável. Mesmo assim, grande parte da população dedica quase 12 horas por dia (entre transporte, expediente, horas extras etc.) às suas respectivas atividades profissionais. Como não bastasse, na maioria das vezes, todo o esforço não é suficiente para concluir os projetos, resultando em mais tensão e estresse.

Para Karsten Knorr, um verdadeiro nômade digital e marinheiro alemão, acostumado a conhecer lindas paisagens oceano afora, este cenário nunca fez muito sentido. Em uma de suas expedições na Tailândia, trabalhando em um espaço de coworking, Knorr teve então a ideia de alinhar sua paixão pelo mar com as necessidades de sua rotina de trabalho, dando início a um projeto inovador.

Trata-se do “Coboat”, nome dado ao espaço coworking de um catamarã sustentável, criado pelo alemão para receber empresas e profissionais. Ao mesmo tempo em que hospeda escritórios, veleja por vários lugares. Contando com o auxílio de seu sócio, Gerald Schömbs, o projeto de Knorr ganhou vida e já tem transformado a rotina de dezenas de profissionais (ou melhor, coboaters).

Recursos tecnológicos em alto mar

De acordo com os inventores, o espaço do barco não deixa a desejar em nenhum aspecto em relação aos imóveis comerciais mais tradicionais. Com sinal wi-fi garantido em todas as extremidades, o barco conta também com algumas sessões diárias de yoga e mergulho, além da interação com todos os outros profissionais a bordo.

Obviamente, a rotina de trabalho no Coboat se diferencia em alguns pontos na prática. Nele, os colaboradores embarcam para passar alguns dias, literalmente, viajando a trabalho, enquanto se divertem avistando paisagens exuberantes e conhecendo novos lugares. Desta forma, os tripulantes têm um momento divertido trocando experiências, além de cumprir com os objetivos profissionais da empresa.

Outro fator importante destacado pelos responsáveis do projeto é um plano de apresentação do Coboat para conscientizar as pessoas sobre a poluição dos mares, através da conexão criada entre os locatários do espaço, promovendo debates que possam gerar possíveis novas soluções sustentáveis.

Aos interessados, vale destacar que velejar durante uma semana com Knorr e Schömbs custa cerca de 1340 dólares, nada absurdo se pensar nos benefícios que a viagem agrega. Até o momento, um total de 100 semanas já foram reservadas para novos tripulantes.

Para saber mais informações, acesse o site.