Prefeitura de SP e USP juntas pela descarbonização da cidade

77 views

A Prefeitura de São Paulo e a USP firmaram uma parceria para promover a descarbonização da cidade. Estamos falando do projeto “Cidade Universitária e Cidade de São Paulo – Rumo ao Carbono Zero” que, aliando ciência e governança, inclui uma série de ações e programas que vão ajudar no enfrentamento à alteração climática e apoiar o governo no atingimento da meta de carbono zero.

A iniciativa é coordenada pela secretaria de Mudanças Climáticas e a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia junto com os professores do Centro INOVA USP, um espaço que agrega e integra laboratórios e diversas iniciativas, dedicado ao desenvolvimento de pesquisa e inovação.

No campus da universidade em São Paulo existem florestas urbanas tropicais que são parte da conversação da floresta de mata atlântica. Mas, fora isso, a USP já trabalha em diversas frentes e tecnologias relacionadas à descarbonização, como, por exemplo, o hidrogênio verde, economia circular e tecnologia de sensores para reduzir gás carbônico, entre outros.

Rumo ao carbono zero

O projeto aborda ideias que estão presentes na Universidade há muitos anos, segundo o professor Marcelo Zuffo, do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos da Escola Politécnica (Poli) da USP e líder do grupo de professores responsável pelo projeto no Centro Inova USP. Ele conta que o campus Butantã da USP tem essa peculiaridade de um adensamento de uma cobertura vegetal muito grande, o que é muito interessante no contexto da cidade de São Paulo. “Há muitos anos se desenvolve essa ideia dos campi da Universidade de São Paulo se transformarem em laboratórios de experimentação vivos voltados para a melhoria da população”, descreve.

A descarbonização e os esforços para redução dos impactos das mudanças climáticas fazem parte de um esforço coletivo comportamental. Isso significa que, para além da atuação científica, existe a necessidade de cada indivíduo inserido nesta grande comunidade – ou seja, todos nós – para diminuir a nossa própria pegada de carbono. “Não podemos nos apoiar apenas no poder público e na ciência; como cidadãos, devemos mudar o comportamento. Os princípios da USP, como a inovação, a sustentabilidade e a inclusão, devem ser ativados para viabilizar ideias para uma cidade melhor para os nossos filhos e netos”, afirma Zuffo.

É muito bom acompanharmos a união de grandes órgãos e instituições em torno de temas tão relevantes como esses. Do lado de cá, a gente espera que, muito em breve, possamos divulgar os frutos e os avanços desse trabalho. E que cada vez mais possamos ver parcerias como essas pelo Brasil e pelo mundo – a gente só tem a ganhar!

***
Tem interesse em saber mais sobre meio ambiente e sustentabilidade? Conheça também o podcast do Pensamento Verde e ouça bate-papos com profissionais especialistas no tema.

Fontes: USP | SP Gov | Vibe Mundial Fm